• Por 5 votos a 3, a Câmara de Barbosa Ferraz aprovou a volta das diárias para os vereadores.

    Foi revogada a resolução anterior que previa ressarcimento de despesas ao invés de diárias fixas.

    As diárias tinham acabado depois que vários vereadores foram condenados por abusos na legislatura passada.  

    O caso ficou conhecido em Barbosa Ferraz como “farra das diárias”.

    A votação desta semana lotou a Câmara, mas os vereadores repetiram aprovação do primeiro turno.

    .

    24 diárias de R$ 450

    Pela nova resolução da Câmara de Barbosa Ferraz, cada vereador poderá pegar 24 diárias por ano, de R$ 450 cada. É bem mais que em Campo Mourão, por exemplo, onde as diárias são de R$ 300 e limitadas a 16 anuais por “nobre edil”.  

    .

    Foto: Blog do Adriano

    Comentário(s)
  • Vestibular Unicampo 2016 - Novo

  • “Não me coloco como situação ou oposição. Me coloco como uma pessoa que tenta ser o mais justa possível aqui dentro”.

    Elvira Schen (PPS), vereadora em Campo Mourão, explicando porque votou contra a retirada de projeto, mesmo com o pedido tendo partido do prefeito Tauillo Tezeli (PPS), que é do mesmo partido; em entrevista ao Jornal 100 (Musical FM), nesta terça-feira.

    Comentário(s)
  • Prever - Floriprev

  • Terça-feira, 21 de fevereiro

    19h30 – Sicredi realiza assembleia para prestação de contas de 2016. Todos os associados são convidados. Será no Celebra.

    .

    Quarta-feira, 22 de fevereiro

    18h30 – Secretaria da Fazenda apresenta, em audiência pública na Câmara, prestação de contas da prefeitura relativa ao último quadrimestre de 2016.

    18h30 – Conselho Comunitário de Segurança promove reunião mensal. Será na Acicam.

    .

    Quinta-feira, 23 de fevereiro

    18h30 – Acontece primeira reunião mensal, deste ano, da Acicam. A pauta inclui lançamento da Campo Mourão Líquida, inauguração de quadro na Galeria dos Ex-Presidentes e a participação do secretário Carlos Alberto Facco (Desenvolvimento Econômico).

    18h30 – Audiência pública na Câmara vai apresentar o relatório de atividades da Secretaria de Saúde de setembro a dezembro de 2016.


    Comentário(s)
  • Sicredi - Crédito

  • Para ver mais tiras de Larpank & Cia, acesse:

    www.facebook.com/larpankbypixote


    Comentário(s)
  • Cristian e Ralf

  • A resposta oficial ainda não saiu, mas o prefeito Tauillo Tezelli tem dado sinais de que não poderá dar reajuste aos servidores.

    Em entrevista à Tribuna do Interior, por exemplo, disse que a única maneira de dar reajuste é se a receita crescer.

    “Se não houver esse crescimento não tem como dar aumento”, frisou.

    A data-base do funcionalismo é em março e o pedido é de 10%.

    Tauillo também lembrou que a prefeitura está sob alerta do Tribunal de Contas por causa de gasto com pessoal acima do limite prudencial.


    Comentário(s)
  • Trans-Myky

  • Que tal comemorar o aniversário de Campo Mourão, este ano, no dia 16 ao invés do 10 de outubro?

    A sugestão é da Acicam e já foi enviada para o prefeito Tauillo Tezelli.

    A explicação é simples: 10 de outubro cairá numa terça-feira e na quinta (12) tem outro feriado nacional (dia da padroeira).

    “Os empresários perdem muito quando 10 de outubro cai no meio da semana”, frisou o presidente da Acicam, Paulo Cesar Gomes, na Musical FM.

    A proposta é que o feriado municipal fique para a segunda-feira seguinte, sem prejuízo para os comerciários, já que ficaria um fim de semana prolongado.


    Comentário(s)
  • BBQ Food Truck

  • O clic é desta segunda-feira, quando o governador Beto Richa anunciou R$ 12,3 milhões para sete prefeituras. Duas são da região – Farol e Engenheiro Beltrão. No caso de Farol, a prefeita Angela Kraus foi receber a boa nova – R$ 1,2 milhão para asfalto - ao lado do secretário de Estado Douglas Fabrício (Esporte e Turismo). O chefe da Casa Civil, Valdir Rossoni, também participou, mas ficou fora da selfie...


    Comentário(s)
  • Farol

  • “A colheita está programada assim que liberar a entrada de máquina no calçadão. Safra 2016–2017”.  

    Fez uma foto curiosa na sua cidade? Mande foto pra gente.   

    E-mail: sidsauer@uol.com.br 
    Whats app: (44) 9 9969-7037
    Facebook: www.facebook.com/BocasantaCM


    Comentário(s)
  • Ahertz Terraplenagem

  • “Do jeito que está hoje não tem como administrar”.

    A frase é do prefeito Tauillo Tezelli e foi dita após a apresentação da situação financeira do município, nesta segunda-feira.

    Segundo ele, várias medidas já foram adotadas para viabilizar a administração municipal.

    Entre elas controle de gastos, revisão de programas, leilão de imóveis e veículos velhos, entre outras.

    “Estamos buscando parcerias, procurando ajustar as finanças”, completou o prefeito.


    Comentário(s)
  • Pinduca  horizontal

  • O Bradesco não pode demitir em massa funcionários por causa da incorporação do HSBC.

    A decisão foi confirmada pelo Tribunal Regional do Trabalho.

    A decisão inclui os prestadores de serviços terceirizados, contratados por empresa interposta.

    As demissões só podem ocorrer se houver negociação com o sindicato profissional.

    O posicionamento do TRT9 mantém decisão de novembro após ação apresentada pelo Ministério Público do Trabalho.


    Comentário(s)
  • Terra FM

  • O Conselho Municipal de Saúde aprovou nesta segunda-feira a prestação de contas da Secretaria de Saúde.

    O relatório do último quadrimestre, ainda da gestão Regina Dubay, foi apresentado pela equipe da Saúde do prefeito Tauillo Tezelli.

    A aprovação foi por unanimidade.

    O ex-secretário da pasta, Márcio Alencar, acompanhou a reunião.

    Nesta quinta-feira (18h30) o relatório será apresentado em audiência pública na Câmara.


    Comentário(s)
  • Vinicius Coitinho

  • “Av. Capitão Índio Bandeira, quase esquina com a rua Santos Dumont, nesta segunda-feira”.

    Este espaço é seu, internauta. Mande foto pra gente.   

    E-mail: sidsauer@uol.com.br 
    Whats app: (44) 9 9969-7037
    Facebook: www.facebook.com/BocasantaCM


    Comentário(s)
  • A frase foi dita pelo vereador Luiz Alfredo durante discurso na sessão da Câmara desta segunda-feira.

    Foi para protestar contra a retirada do nome dele da Comissão de Finanças e Orçamento, contrariando ofício de seu bloco.

    “Resolveram mexer no meu mandato”, frisou, citando a "liderança do PPS".

    Luiz Alfredo está esperando uma resposta da mesa e já avisou que vai ao Judiciário caso seu pedido não seja atendido.

    O presidente Edson Battilani informou que dará a resposta após parecer jurídico, mas a princípio acha que não houve erro.

    .

    Cutucadas & cutucões

    Ainda no discurso na Câmara o Luiz Alfredo disse que o vereador Sidnei Jardim vai blindar o prefeito Tauillo Tezellil. “Ele é bom. Ninguém chega a seis mandatos à toa”, provocou. Também cutucou Getulinho Ferrari, que deve assumir a Coordenação Geral. “O Getulinho será para o Tauillo o que o (Carlos) Garcia foi para a Regina (Dubay)”.


    Comentário(s)
  • ...indicações foram apresentadas por vereadores de Campo Mourão sugerindo à prefeitura o recape asfáltico em ruas e avenidas dos quatro cantos da cidade. Só aí dá para ter uma ideia de como os buracos tomaram conta das ruas. A sessão desta segunda-feira, a primeira ordinária da legislatura, também teve cinco pedidos de tapa-buracos e nove para construção de quebra-molas.


    Comentário(s)
  • A Câmara de Campo Mourão realizou nesta segunda-feira a primeira sessão ordinária do ano.

    A nova legislatura começou como as últimas, votando moções e propondo entrega de títulos.

    As moções já foram aprovadas, uma para o tenente Rafael e outra para o pastor Cerino José Barbosa, que fará 93 anos em maio.

    Os dois títulos de Cidadania Honorária foram só apresentados nesta segunda e serão votados mais pra frente.

    A homenagem é para dois promotores – Luciano Rahal e Marcos Porto Soares.


    Comentário(s)
  • Não era um assunto tão importante, mas o prefeito Tauillo Tezelli sofreu nesta segunda-feira a primeira derrota na Câmara.

    E logo na primeira sessão ordinária da legislatura.

    Por 7 votos a 4, os vereadores rejeitaram o pedido dele para retirada de pauta de um projeto.

    Como já tinha passado pelas comissões, a retirada exigia a aprovação do plenário, o que não aconteceu.

    A matéria, aprovada em seguida por 12 a 0, reduz para 30 horas semanais a jornada de trabalho dos assistentes sociais fisioterapeutas.

    .
    Como votaram*
    .
    A favor da retirada
    Dr Miguel (PRB)
    Edilson Martins (PR)
    Edoel Rocha (PDT)
    Sidnei Jardim (PPS)
    .
    Contra a retirada
    Cabo Cruz (PSL)
    Elvira Schen (PPS)
    Luiz Alfredo (PT do B)
    Nelita Piacentini (PR)
    Olivino Custódio (PSC)
    Professor Cícero (PT)
    Tucano (PR)
    .
    * Jadir Pepita (PPS) não participou da sessão. O presidente Edson Battilani (PPS) só votaria em caso de empate.
    .

    Comentário(s)
  • O governador Beto Richa aprovou nesta segunda-feira um pedido de financiamento de R$ 1 milhão para Engenheiro Beltrão. O dinheiro será para obras urbanas e compra de equipamentos. O prefeito Rogério Rigueti e o deputado Márcio Nunes estiveram com Richa e o chefe da Casa Civil, Valdir Rossoni. “Graças à boa relação com o governador foi possível liberar esses recursos”, frisou o deputado. E ainda ganharam uma selfie...

    .

    O que foi dito

    “O dinheiro ‘salvou a pátria’. Esses recursos serão investidos no município para dar mais conforto e comodidade aos moradores". 

    Rogério Rigueti (PMDB), prefeito de Engenheiro Beltrão.


    Comentário(s)
  • “O desequilíbrio financeiro é muito grande porque nos últimos anos a despesa cresceu mais que a receita. O desafio agora é aumentar a arrecadação e reduzir despesas”.

    Beto Pequito, secretário de Fazenda e Administração, ao divulgar nesta segunda-feira, a situação financeira da prefeitura até 31 de dezembro de 2016. O balanço detectou uma dívida de curto prazo de R$ 30 milhões.


    Comentário(s)
  • Uma foto feita em Campo Mourão foi destaque no portal G1 entre as “imagens do dia”. Mostra trabalhador rural cuidando de uma horta de alface. Outras “imagens do dia” vieram da Síria, Bangladesh, Gaza, Índia, França, Indonésia e Estados Unidos, além de Rio de Janeiro e São Paulo. Em tempo: a foto é do jornalista Dirceu Portugal.


    Comentário(s)
  • Prefeito vai, prefeita vem, prefeito volta e o Observatório Social segue com uma preocupação.

    Qual? O excesso de dispensas de licitação em Campo Mourão.

    Em 45 dias do atual governo, o órgão já contabilizou 25 compras sem licitação, num total de R$ 289,7 mil.

    Em alguns casos isso ocorre por falta de interessados.

    De oito pregões presenciais, por exemplo, quatro deram desertos, ou seja, ninguém apareceu querendo vender para a prefeitura.

    .

    Cadê Campo Mourão?

    O Observatório Social também segue cobrando a participação de empresas de Campo Mourão nas licitações da prefeitura. No último dia 17, por exemplo, o município licitou a compra de materiais para reforma de pontes. O valor máximo era R$ 57,7 mil e só uma empresa (de Maringá) participou, vencendo com a proposta de R$ 56,4 mil.


    Comentário(s)
blz.com.br