Prever Novo
  • Os prefeitos da comarca de Campo Mourão, que inclui Janiópolis, Farol e Luiziana, não podem reclamar do fim da taxa de iluminação pública. Há dois anos, o promotor Mauro Sérgio Rocha chamou as prefeituras e pediu que elas estudassem uma outra forma de fazer a cobrança. Ninguém deu bola. Agora estão aí, chorando pelos cantos...
    Comentário(s)
  • Unicampo - Solidário

  • O prefeito de Mamborê, Armando Alves de Souza (PPB), fechou a funerária municipal que o seu antecessor, Ricardo Radomski (PSDB), havia implantado no início do ano passado. Souza alegou que é mais barato para a prefeitura simplesmente doar caixões aos carentes. É, para quem defende a privatização da Copel, ficaria até chato manter a estatização do serviço fúnebre...
    Comentário(s)
  • Paraná - ofertas

  • Em Janiópolis, o prefeito Avelino Bortolini (PPS) vai fazer uma campanha para sensibilizar os moradores da cidade a pagarem o IPTU. Ele quer investir em obras, certo. Er-ra-do! Bortolini quer mesmo é um dinheirinho no caixa para pagar os salários atrasados dos servidores deixados pelo prefeito anterior. E olha que o IPTU só paga a metade dessas dívidas. Ah, mas deixa Bortolini pegar uns aulinhas em Campo Mourão com seus colegas de PPS...

    Comentário(s)
  • Sicredi - Bank

  • Que os municípios precisam de uma fonte de renda para pagar a iluminação das vias públicas, ninguém discute. Agora, é carinha essa taxa em Campo Mourão, hein? De uma conta de luz de R$ 60,00, quase R$ 10,00 são só da taxinha. E a gente colocando garrafa de tubaína sobre o relógio de luz...

    Comentário(s)
  • Farol - Doe Sangue

  • O País está espantado com essa violação do painel eletrônico do Senado, em Brasília, mas em Campo Mourão isso não é novidade. Como aqui não tem painel eletrônico, os "nobres edis" usam outros meios para descobrir quem votou em quem. Tem até vereador que já deu um visto diferente em cada cédula e ninguém percebeu. E não pediu desculpas nem chorou em público até hoje...

    Comentário(s)
  • Carlos Dubay

  • A Câmara de Campo Mourão aprovou esta semana projeto de lei criando o Refiscam. É um programa para refinanciar dívidas de contribuintes com a prefeitura. Com isso, o município ganha esperança de receber dívidas de mais ou menos R$ 15 milhões: Detalhe: a lei permite isenção de juros e multas. Tá reclamando do quê? Você pagou tudo em dia porque quis...

    Comentário(s)
  • Ahertz Terraplenagem

  • Levantamento feito por um órgão de Curitiba diz que existem em Campo Mourão 109 crianças trabalhando em carrinhos de catar papel. Mais que isso, só em Londrina. Até Curitiba tem um a menos: 108. Eta contagenzinha mal feita essa da capital, hein?...

    Comentário(s)
  • Hemonúcleo - Agendadamento

  • As sessões da Câmara de Campo Mourão têm passado da meia-noite. Na segunda-feira foi até à 0h20 de terça. Na terça, com a presença de dois secretários municipais, a reunião só acabou à 1h10. Portanto, se você ver vereador com cara de sono por aí, não pense besteira. Eles estão trabalhando mesmo...

    Comentário(s)
  • Marcio Nunes 2

  • Em geral, as sessões demoram devido aos exageros de parte dos "nobres edis". Só na segunda-feira, a pauta contava com 78 indicações e 28 requerimentos. Tudo bem se entre essas reivindicações todas não existissem pedidos para retiradas de árvores, troca de lâmpadas e pintura de quebra-molas. Não seria mais prático pedir isso nem "teteatete" com o prefeito?...

    Comentário(s)
  • Terra FM

  • Por que toda vez que vai algum secretário participar de uma sessão especial da Câmara o plenário fica lotado de ocupantes de cargos comissionados da prefeitura?...

    Comentário(s)
  • Segundo o "Paraná TV" de ontem à noite, apesar do aeroporto entrar em funcionamento, a prefeitura de Maringá ainda vai abrir uma licitação para terceirizar a administração do "dito cujo". Ih, boa sorte para eles...

    Comentário(s)
  • O advogado Luiz Alfredo da Cunha Bernardo disse ontem que a ação de 1995 que pede a demolição de casas às margens do Lago Azul foi apresentada só para que seu autor aparecesse na mídia. O autor, para quem não lembra, é o promotor José Aparecido da Cruz, o mesmo que sexta-feira envolveu Bernardo nos desvios de recursos em Maringá. Coincidência, coincidência...

    Comentário(s)
  • Se você já se cansou de esperar a tão falada linha aérea que não vem nunca a Campo Mourão, uma boa notícia. Começou a funcionar ontem o novo aeroporto de Maringá, que fica na saída para Campo Mourão. Tá certo que o aeroporto maringaense demorou sete meses para começar a operar, mas para quem está esperando uma rodoviária há nove...

    Comentário(s)
  • Ao "Jornal da Rural", Luiz Alfredo da Cunha Bernardo afirmou que vai processar José Aparecido da Cruz por tê-lo incluído na denúncia. Bernardo explicou que não tem nada a ver com o caso e que a denúncia seria uma vingança de Cruz. Vingança porque ele (Bernardo) tem uma ação contra Cruz do tempo em que o promotor ainda era advogado em Campo Mourão. Ah, nada que o Ratinho não possa tentar resolver...

    Comentário(s)
blz.com.br