Unicampo - Vestibular 2021 inverno
  • Olha só o estado da nossa capela mortuária. Calma que tudo isso está sendo feito para o bem da comunidade. É que começaram as obras de reforma da capela, realizadas numa parceria entre prefeitura e Rotary. A capela vai ficar maior e mais bonita. Depois, será até separada do cemitério por um muro (ah, aquela vista é tão bonita!). Agora, cá entre nós: qualquer semelhança entre a capela mortuária e a Câmara de Vereadores, que também está sem telhado, é mera coincidência...

    Comentário(s)
  • Corpal - Vem aí

  • O vereador Celso Hruschka (PMDB) terá que pagar R$ 1,8 mil de indenização ao advogado Luiz Alfredo da Cunha Bernardo. Ele foi condenado numa ação civil apresentada por advogado. Tudo por causa daquela história em que Hruschka pagou à “Tribuna do Interior” para a republicação de uma matéria da “Gazeta do Paraná” contendo acusações falsas contra o advogado. Ih, lá se foi o salarinho do mês, hein Celso?...


    Aviso
    Bernardo comentou ontem que a ação contra Hruschka serve de aviso aos vereadores de que eles não têm imunidade parlamentar. Têm só inviolabilidade. Isso não permite que saiam ofendendo a honra dos outros por aí. Outra coisa: Bernardo disse que entrou na Pequenas Causas para andar rápido, mas que da próxima vez usará a Justiça comum e pedirá R$ 500 mil de indenização. Ih, depois dessa, vai ter vereador usando esparadrapo na boca...


    Demolições
    Falando em Luiz Alfredo da Cunha Bernardo, ele e o procurador Geral da prefeitura, Robervani Pierin do Prado, entraram com recurso na Justiça Federal pedindo a suspensão dos prazos para as demolições das edificações às margens do Lago Azul. Pudera. Eles descobriram que as casas não estão dentro das cotas 609 e 612, como sempre se pensou. Essas cotas estão bem mais pra cima. Mas não vai ser preciso demolir as indústrias da Coamo, vai?...


    Topografia
    A ação dos advogados toma por base um levantamento planialtimétrico e uma Carta Topográfica do Exército. Esse levantamento diz que as cotas 609 e 612, onde devem ser demolidas as edificações, estão nas fazendas Santa Maria e Monte Negro. As casas à beira do lago estariam, então, nas cotas 582,34 e 600. Que complicação!...


    Distância
    Junto com o recurso dos advogados foi anexado um laudo técnico assinado pelo agrônomo Fernando Reis. Detalhe: Reis foi quem fez todo o trabalho de topografia para a Brascan visando a construção da Usina de Salto Natal, ali do lado da Mourão 1. Reis chegou à conclusão que a casa  do Lago Azul mais próxima do cota 609 está a 66,97 metros de distância. Ih, então dá para fazer outro lago...


    Tudo errado
    Segundo Luiz Alfredo da Cunha Bernardo, ocorreu o que se chama de “erro material dentro do processo”. Ou seja: a Justiça Federal tomou uma decisão com base em informações erradas. Assim, o juiz foi induzido ao erro. Um trecho do recurso diz que todos os relatórios produzidos pelo IAP são inverídicos. E quem já demoliu? Ah, uma açãozinha a mais ou uma açãozinha a menos...


    Carneiro
    Campo Mourão ganhou ontem de manhã uma enorme propaganda de graça do carneiro no buraco. E tudo em rede nacional de TV. A apresentadora Olga Bongiovani (Band), que é de Cascavel, gastou preciosos minutos contando a uma cozinheira como se prepara o prato típico de Campo Mourão. Ela elogiou o carneiro e citou até a festa nacional realizada em julho. Quer dizer, a gente deduz que é de graça, né...


    Só em março
    Acredite se quiser: o IPTU de Campo Mourão só vai vencer em março. Por causa do Refiscam, a prefeitura atrasou tudo e os carnezinhos serão distribuídos no mês que vem. Outra novidade: só haverá uma opção de pagamento à vista. Em compensação, a cidade foi dividida em sete regiões e cada uma terá uma data de vencimento. Ué, não têm as águas de março? Agora vem aí o IPTU de março. É pau! É pedra! É o fim do caminho...


    Último dia
    Hoje é o último dia para a votação na enquete desta semana de BOCA SANTA. O que o prefeito
    Tauillo Tezelli (PPS) deve fazer nos 30 dias de licença? Até ontem, vencia a opção que sugere ao prefeito que tente as pazes com o deputado Nélson Tureck (PSDB), com 25%. Mas a enquete segue disputadíssima e, das seis opções, cinco têm chances de vencer. Vote. Ou se não o prefeito pode ficar confuso e querer fazer todas essas cinco opções...


    Opinião
    O padre Marinaldo Batista, que durante um bom tempo foi responsável pela paróquia do Jardim Aeroporto e que hoje está em Roma estudando, voltou a entrar em contato, via e-mail, com BOCA SANTA. Marinaldo, que nasceu em Mariluz, escreveu só para comentar o processo político em sua terra natal. Direto de Roma! Olha só BOCA SANTA levando “Sealight”, ops, Mariluz para o mundo...


    Oligarquia
    Em artigo enviado à BOCA SANTA, padre Marinaldo manifesta apoio ao prefeito Cido Pinheiro e defende a inocência do padre e ex-prefeito Adelino Gonçalves. Ele diz que a vitória de Pinheiro confirmou o fim de uma oligarquia que dominou a cidade por cerca de 30 anos. Marinaldo escreve ainda que essa oligarquia não aceitava a derrota para o padre Adelino e que fez de tudo para voltar ao poder. Vichi, mas até em Roma já estão sabendo disso?...


    Em dia
    A direção do Cis-Comcam negou ontem que o consórcio de saúde esteja com salários atrasados de médicos e funcionários. A informação andou correndo pela cidade e BOCA SANTA foi checar. Segundo o Cis-Comcam, os funcionários só receberam esta semana, com uns 10 dias de atraso, porque o consórcio estava em recesso. Mas foi garantido que os médicos estão em dia. É, pelo jeito o que demora mesmo é a marcação das consultas...


    Reforma
    Por falar em Cis-Comcam, as reformas na sede do consórcio estão na reta final e, se nada der errado, serão inauguradas no próximo dia 20. Só que até agora cinco prefeituras da região não pagaram nenhuma mensalidade para as obras. Quer saber quem são? Então, anote lá: Campo Mourão, Iretama, IV Centenário, Nova Cantu e Terra Boa. Só Campo Mourão deve mais de R$ 20 mil. Ih, lá se vai a economia de dezembro pelo meio espediente...


    Concorrência
    BOCA SANTA publicou durante a semana que os cursos tradicionais da Fecilcam (administração, letras e geografia) tiveram uma concorrência bem maior no vestibular de verão que os cursos novos, como agroindústria. Mas há uma explicacão. O cursos antigos são noturnos e podem ser frequentados por quem trabalha. Agroindústria é integral e turismo é matutino. Viu, o que estraga são esses pobres que querem estudar...


    Concorrência 2
    Só para se ter uma idéia, o curso de geografia noturno é um dos mais concorridos. Um total de 104 candidatos disputarão as 20 vagas. Concorrência de 5,2 por um. Já no curso de geografia matutino teve apenas 35 inscrições para as mesmas 20 vagas. Concorrência de 1,75 por um. Conclusão: a região é pobre e poucos se dão ao luxo de poder estudar sem trabalhar. E quem não trabalha ainda pega uma concorrência menor. Sacanagem, hein?...
    Comentário(s)
  • Prever - Planos

  • Além de puxar o saco, pra quê mais você ligou?”

    Gérson Maciel, radialista, brincando com ouvinte que ligou à rádio Colméia e Cisse que ele (Maciel) estava se saindo melhor que o professor Idê no comando do “Feirão Colméia”, ontem.

    Comentário(s)
  • Paraná - ofertas

  • Sicredi - Bank

  • Antônio José

  • Paraná Multas

  • Educare - Horizontal

blz.com.br