Unicampo - Vestibular 2021 inverno
  • Quem viu o prefeito Tauillo Tezelli (PPS) almoçando ontem no Restaurante BR 3 ficou pensando que ele está morrendo de medo de ser a próxima vítima de um atentado. Tezelli estava numa mesa rodeado por 16 policiais militares. Olha aí a foto como prova! Mas calma. Era só uma recepção ao tenente-coronel Daniel Alves de Carvalho, da Polícia Rodoviária Estadual, que esteve visitando a cidade. Só as más línguas não perdoaram. Disseram que, se de licença Tezelli está usando 16 policiais de segurança, imagine quando ele retornar à ativa...

    Comentário(s)
  • Prever - Descontos

  • O tenente-coronel Daniel Alves de Carvalho, da Polícia Rodoviária Estadual, esteve ontem de manhã em Campo Mourão lançando uma operação para tentar conter os assaltos contra ônibus de sacoleiros a caminho do Paraguai. A operação Turismo Seguro foi lançada por aqui uma vez que a maioria dos assaltos ocorrem na região. Ah, e a adrenalin da viagem, não conta?...


    Segurança
    Para tentar conter os assaltantes de ônibus que aterrorizam a região, a Polícia Rodoviária se juntou com a Polícia Militar e montou equipes treinadas e equipadas para parar carros suspeitos que trafegam pelas rodovias durante a noite. Pelo menos o discurso é esse. E de onde vêm o efetivo e as viaturas para isso? Ah, essa nem valendo R$ 1 milhão...


    Representação
    Se tem um coisa da qual Campo Mourão não pode reclamar em termos de representatividade é da Polícia Rodoviária estadual. O comandante da 2a Companhia de Maringá é o capitão Esmeraldo Mançano, que já atuou no posto de Campo Mourão. Agora, descobre-se que o comandante geral da PRv é o tenente-coronel Daniel de Carvalho, que já atuou no 11o Batalhão da PM. Hummmm, será que isso ajuda para tentar anular uma multinha?...


    Matagal
    O secretário de Infra-Estrutura e Meio Ambiente de Campo Mourão, Ademir Moro Ribas, reclamava ontem do matagal que vem crescendo pelos quatro cantos da cidade. Segundo ele, a prefeitura não consegue dar conta de tanto trabalho, até porque tem que atuar em áreas particulares de quem não faz o dever de casa. Ué, São Paulo não está perdendo a guerra contra o crime? A gente tá perdendo pro matinho...


    Crescendo
    Ribas conta que os operários da prefeitura atuam numa região da cidade e quando vão para a próxima o matagal já cresceu novamente na área anterior. Só para se ter uma idéia, no Centro Social Urbano o matagal foi cortado no dia 20 de dezembro. E já cresceu de novo. É da oposição esse mato. Só pode...


    Dinheirada
    O deputado estadual Nélson Tureck (PSDB) anda todo empolgado por aí. Ele fez as contas e chegou à conclusão que até março cerca de R$ 25 milhões serão investidos em vários municípios da região. Tudo em obras do governo do Estado que estão paralisadas e que devem ser retomadas. Daí, até outubro as obras ficam prontas e a reeleição fica no papo. Fácil, fácil!...


    Barreiro
    Entre as obras que Nélson Tureck vem anunciando que serão retomadas na região está a pavimentação da estrada do Barreiro das Frutas e da Fazenda Boa Esperança. O asfalto, todo mundo sabe, parou faz tempo. Tanto é que a obra, que já perdeu trabalhos inteiros de terraplanagens, chegou a ser batizada de “Boiadeirinha”. Ih, então se terminar perde a graça...


    Recesso
    Justiça seja feita: como o orçamento de Campo Mourão de 2002 ainda não foi votado, os “nobres edis” mourãoenses não estão em recesso. Pelo Regimento, o recesso só pode começar depois que o orçamento estiver devidamente votadinho e aprovadinho. A coisa só anda meio devagar na Câmara porque estão trocando o telhado do prédio. Os vereadores estão sem casa. Ô dó!...


    Agenda
    A Secretaria de Saúde de Campo Mourão está implantando um sistema de agendamento de consultas. Tudo para acabar com as filas que se formam de madrugada nos postinhos. Pelo novo sistema, o morador vai ao posto em qualquer hora e agenda um dia para a consulta. Sem filas e sem precisar madrugar. Hummmm, tá bom demais para ser verdade...


    Testado
    O sistema de agendamento de consultas já começou no postinho do Jardim Paulista e no próximo dia 4 entra em vigor em todos os postos de saúde do município. Tomara que dê certo. Agora, sem querer desanimar ninguém, mas esse projeto já foi testado uma vez e não deu certo. Parte reclamava que queria se consultar no mesmo dia e outra parte acabava faltando no dia agendado. Viu, a culpa é do povo que não sabe ficar doente no dia marcado...


    Fujão
    Lembra da história do preso ferido na cadeia de Campo Mourão que fugiu quando estava internado no Pronto Socorro? Sabe o que ele falou para as atendentes do Posto de Saúde 24 Horas? Falou que só fugiu do hospital porque o policial designado para vigiá-lo dormia mais do que ele. É sério. Só não dá para entender porque o preso preferiu voltar à cadeia do que ficar no hospital. Se bem que ele estava internado pelo SUS...


    Pela paz
    O PT de Campo Mourão promove hoje, a partir das 18 horas, um ato pela paz. O evento será realizado no calçadão. Apesar da organização petista, o ato é para ser suprapartidário e não só para os filiados do PT protestarem contra as mortes dos prefeitos de Santo André e Campinas. O ato poderá contar com uma passeata. Isso dependerá do número de pessoas presentes. Só tomara que o ato não seja tão pacífico a ponto de ninguém percebê-lo...


    Museus
    Jair Elias dos Santos Júnior segue de férias no Rio e atuando como improvisado correspondente de BOCA SANTA. Ontem ele visitou museus da Cidade Maravilhosa, incluindo o Museu da República. Observou que por lá os museus têm lanchonetes e, por e-mail, mandou a sugestão para o Museu de Campo Mourão. Ih, ainda vai sobrar para a Édina Simionato fritar uns pastelzinhos...


    Direito
    Jair Elias também descobriu no Rio que a mensalidade de um curso de direito custa R$ 300 (é uma diária e meia da Câmara). No Cies, onde ele estuda, o curso custa R$ 360 por mês. É mais barato no Rio! E ainda vem a praia, o Maracanã, o Cristo Redentor e o Corcovado de brinde. É, pensando bem, com tudo isso não daria para estudar direito...


    Sem alarme
    A Câmara de Campo Mourão anulou a licitação para a compra de um sistema de alarme. A anulação aconteceu sob a alegação de que a aquisição iria ferir os princípios constitucionais da economicidade e da eficiência. Assim, a compra foi adiada e um empreguinho de vigilante foi preservado. Ufa! Até que enfim o ser humano venceu uma...
    Comentário(s)
  • Paraná - ofertas

  • Quem menos paga é quem mais reclama”.

    Odilon Andreoli Gonçalves (PSDB), prefeito de Roncador e presidente do Cis-Comcam, dando uma indireta à prefeitura de Campo Mourão, que exigiu licitação para as obras de reformas da sede do Consórcio e até agora não pagou nenhuma parcela.  

    Comentário(s)
  • Sicredi - Bank

  • Antônio José

  • Paraná Multas

  • Educare - Horizontal

blz.com.br