Unicampo - Vestibular 2021 inverno
  • O clima esquentou ontem durante a sessão extraordinária da Câmara de Campo Mourão. Tudo por causa do orçamento. A certa altura, um grupo de vereadores chegou a se levantar para pressionar o presidente Izael Skowronski (PPS) a colocar o projeto em votação. Até o calmo Sebastião Ribeiro (PT) ficou exaltado (olha ele aí, gesticulando com a pauta do dia nas mãos!). Ao fundo, Juvenal Vieira (PPB), que também tem fama de calmo, chega a colocar as mãos na cabeça. Deve ser influência desse clima de carnaval. Só pode...

    Comentário(s)
  • Prever - Descontos

  • Deu um trabalho danado, mas a Câmara de Campo Mourão votou ontem de manhã o orçamento do município para 2002. Foram necessários 90 minutos de discussões para convencerem o presidente Izael Skowronski (PPS) a colocar a proposta em votação. Depois disso, foi vapt-vupt, o orçamento de R$ 49 milhões passou rapidinho. Também, ninguém aguentava mais falar do assunto...


    Suspensão
    Izael havia retirado o orçamento da pauta do dia já na sexta-feira, alegando que o parecer da Comissão de Finanças e Orçamento estava irregular. Ontem, um requerimento assinado por 12 vereadores pedia a inclusão do projeto na ordem do dia. Daí foi a maior discussão, inclusive com a suspensão da sessão por duas vezes. Ué, pensa que é só escola que tem recreio?...


    Bate-boca
    De um lado estava o presidente da CFO, José Turozi (PV), pedindo a votação do requerimento. De outro, Sidnei Jardim (PPS), dizendo que o assunto não estava em pauta. De outro, Izael afirmando que o relatório da comissão estava irregular. De outro, Edson Battilani (PPS) dizendo que a CFO tinha autonomia para dar aquele parecer. Ih, tava mais dividido que a turma o “Big Brother”...


    Convocação
    No final das contas, o orçamento só foi à votação porque o vereador Sebastião Ribeiro (PT) mostrou que a proposta orçamentária estava prevista numa primeira ordem do dia. Na hora da votação, acabou aprovado o mesmo relatório que estava pronto desde dezembro, excluindo 42 emendas rejeitadas. Ah, mas se votassem naquela época não dava tanta emoção...  


    Golpe
    Sidnei Jardim, que tinha conseguido no final de dezembro que suas emendas rejeitadas fossem aprovadas em destaque, disse ontem que Izael foi vítima de um “golpe”. Segundo ele, a CFO deu o parecer às 17h30 de sexta-feira de propósito, para que não houvesse tempo para recursos. Mais: Izael já tinha colocado o assunto na pauta do dia. Ah, foi um um “golpezinho” de rotina...


    Conselhos
    O presidente da CFO, José Turozi, nega essa história de “golpe”. Ele disse que o parecer só ficou pronto no final da tarde porque passou o dia em busca de subsídios para fazer o texto final. Segundo Turozi, foi Jardim quem falhou ao não apresentar recurso quando suas emendas foram rejeitadas. Ih, melhor mandar os dois para o “Big Brother” e o público que decida...


    Retirada
    Enquanto Izael insistia em não colocar o orçamento em votação, uma informação vazou pela Câmara (a sessão foi na Fecilcam devido às obras de reforma do Legislativo) dando conta que os 12 autores do requerimento se retirariam do plenário caso a proposta não fosse votada. Isso, porém, não precisou ser feito, uma vez que o requerimento foi votado. Ah, sem graça!...


    Rachando
    Essa história toda de orçamento rachou de vez a bancada do PPS. Ontem à tarde Izael Skowronski disse que ou ele ou o vereador Edson Battilani terá que sair da sala do partido na Câmara. E não é só isso: Izael ganhou ao apoio dos outros dois vereadores do PPS – Sidnei Jardim e Walter Zamoro. O clima na  bancada é de traição. Olha que o Império Romano começou a cair assim...


    Assinaturas
    Em tempo: só não assinaram o requerimento pedindo a votação do orçamento ainda na sessão de ontem os vereadores Edoel Rocha, Izael Skowronski, Maria Verci Ribeiro, Sidnei Jardim e Walter Zamoro. Todo o restantes ficou contra o presidente e o líder do governo (Jardim). Ih, desse jeito vai ser difícil a atual mesa diretora conseguir a reeleição...


    Banheiros
    Essa foi levantada pelo IBGE em seu último Censo: 19,4% das casas de Nova Cantu não têm banheiros. Em segundo lugar na região ficou Altamira do Paraná: 15,9%. Ah, as agências bancárias também não têm sanitários para quem está na fila e ninguém fala nada...


    Roma
    Em Barbosa Ferraz, a prefeita Elza Marque Gonçalves (PFL) resolver inovar. Inovar? Bem, digamos que ela resolveu se inspirar nos antigos romanos. Duas obras novas na cidade, o Centro de Convivência do Idoso e o Barracão do Produtor foram construídos com colunas que lembram o a arquitetura da Roma Antiga. Mas Roma tinha soldado para vigiar os cristãos presos, não tinha?...


    Candidatos
    Terminou sexta-feira o prazo para os candidatos interessados em disputar as cinco vagas do Conselho Tutelar de Campo Mourão. A função de conselheiro é um verdadeiro pepino, mas o salário na casa dos R$ 900 mensais atraiu 68 candidatos (três foram indeferidos). A disputa é de 13 por 1 e a escolha é feita através de eleição. Olha aí, já serve de aperitivo para outubro...


    Pedreira
    Dois dos três prefeitos que foram o Conselho Fiscal do Cis-Comcam têm algo em comum: Arnaldo Sucupira (Ubiratã) e Marcos Lopes (Peabiru) são donos de pedreiras. O terceiro membro do conselho, Antônio Sena (Goioerê), não é empresário do ramo, mas administra uma pedreira da prefeitura. Quem tem telhado de vidro que se cuide...


    Na cidade
    O atraso de 90 minutos do prefeito de Roncador, Odilon Andreoli Gonçalves, à reunião do Cis-Comcam, no sábado, pode ter sido proposital. Odilon disse que se atrasou porque teve que fazer um atendimento em seu hospital em Roncador, mas já há quem jure que viu a BMW do prefeito sábado de manhã na casa da irmã dele, em Campo Mourão. Ih, se pelo menos fosse um Fusca...


    Coração
    O prefeito de Terra Boa, Antônio Carlos Rampazzo, teve uma ameaça de infarto na semana passada e teve que ser internado em Maringá. Ele já está melhor. As más línguas, porém, não perdoaram. Disseram que o problema foi ocasionado pela pressão que o prefeito sofreu após reajustar o IPTU em quase 100%. Viu, quando o reajuste é de 6,5%, o máximo que dá é uma herninha de disco...
    Comentário(s)
  • Paraná - ofertas

  • Tem vereador tão cara de pau que vem com dois pareceres, um contra e outro a favor”.

    Izael Skowronski (PPS), presidente da Câmara, dizendo, sem citar nomes, que coisas inéditas vêm ocorrendo na atual legislatura, ontem, durante sessão extraordinária.

    Comentário(s)
  • Sicredi - Bank

  • Antônio José

  • Paraná Multas

  • Educare - Horizontal

blz.com.br