Unicampo - Pós 2021
  • A Câmara de Vereadores de Campo Mourão tem sessões ordinárias hoje e amanhã. Mais uma vez, as reuniões acontecerão no salão de festas que fica no porão da loja maçônica Luz do Oriente. Tudo porque a sede da Câmara segue em reformas. O clic acima foi feita na última reunião da Câmara. O plenário ficou tão esquisito, mas tão esquisito, que dependendo do lugar que você senta, é assim que você vai ver os vereadores: todos de costas. Fazer o quê...

    Comentário(s)
  • Prever - Descontos

  • Reeleição
    Já foi protocolado na Câmara de Campo Mourão o projeto de lei que autoriza a reeleição para o presidente e demais membros da mesa diretora. O mesmo projeto reduz o mandato da turma de dois para um ano. Ou seja: a Câmara poderá ter quatro presidentes numa única legislatura. A proposta precisa de 11 votos e já tem oito assinaturas. Ih, vai dar trabalho negociar todo ano, hein?...


    Passado
    Vale lembrar que em janeiro de 1948, quando foi feito o primeiro Regimento Interno da Câmara de Campo Mourão, o mandato dos membros da mesa já era de um ano só. A ampliação para dois anos só ocorreu no início de 1969, pouco depois do AI-5, que saiu em dezembro de 1968. Pensa que é só norte-americano que pode ter “Túnel do Tempo”, é?...


    Troca-troca
    Mudança à vista na chefia da 11a Regional de Saúde de Campo Mourão. O médico Romildo Joaquim Souza, de Araruna, será substituído esta semana pela ginecologista mourãoense Valderez Bathaus. Foi Souza quem pediu para sair. Já Valderez volta ao cargo, uma vez que chefiou a Regional há uns 10 anos. Como diz o ditado, o bom filho à casa retorna...


    Ameaça
    Romildo Joaquim Souza, aliás, disse em entrevista que várias cidades da região podem ficar sem hospitais. Tudo por falta de profissionais, como mandam as normas do setor. Nova Cantu é uma das ameaçadas. Mas existem outras. E olha que hoje Luiziana, Corumbataí, Moreira Sales, Farol, IV Centenário e Rancho Alegre não têm hospitais. Ah, mas agora sai a Santa Casa...


    Agitando
    A Secretaria de Estado da Saúde lançou ontem em Campo Mourão o programa “Agita Paraná”, que visa incentivar as pessoas a fazer exercícios físicos. Muito bem. Curiosas foram as camisetas distribuídas aos participantes do evento. Elas traziam a frase: “Gentileza deputado estadual Nélson Tureck”. Ih, isso tava mais pra “Agita Nelsão”...


    Vitória
    Por falar em esporte, vale destacar que o time de futsal de Campo Mourão venceu de novo pelo Campeonato Paranaense. Desta vez foi 7 x 5 sobre o Clube Verde de Ponta Grossa. Jogo foi disputado sábado no Lar Paraná. Duas rodadas, duas vitórias e a liderança da competição. Tá certo que os adversários eram fracos, mas a Honduras também era, não era?...


    Amadorzão
    Já pelo Campeonato Amador da Liga de Campo Mourão, foram definidos ontem os quatro semifinalistas da competição: Araruna, Lirial São Luiz, Mamborê e Adap Campo Mourão. Detalhe: dos quatro, dois são de Araruna. E você pensando que Araruna só sabia fazer farinha de mandioca...


    Apostas
    Agora que o prefeito Tauillo Tezelli está fora do páreo, já começam as apostas para ver quem serão os candidatos do PPS a deputado estadual e federal. Tem gente apostando que a dobradinha será formada por Edson Battilani estadual e Douglas Fabrício federal. Se bem que há quem duvide que o federal do partido não seja Rubens Bueno. Quer apostar?...


    Enquete
    Esse assunto aí, aliás, é o tema da enquete desta semana de “Boca Santa”. Ontem, no primeiro dia de votação, Rubens Bueno saiu na frente, com 9% dos votos, seguido de Edson Battilani (8%). Mas 80% dos internautas responderam que é melhor não lançar ninguém para não passar vergonha. Vote. Ajude os “neo-comunistas” a resolverem esse problema. Fica como a boa ação do dia...


    Liderança
    E quem deve substituir Sidnei Jardim na função de líder do governo na Câmara de Campo Mourão? A enquete de “Boca Santa” encerrada sábado deu vitória ao vereador Celso Hruschka, com 31% dos votos. Em segundo, coladinho, ficou o colega dele no PDT, Gustavo Gurgel (28%). Outros 15% disseram que o governo não precisa de líder. Olha aí, tá nas mãos do prefeito...


    Mando
    Nessa época de definições de candidatos, muita gente fica perguntando por que certas pessoas insistem em candidaturas sem futuro. A resposta é simples. É que muitas vezes, a vitória nas urnas pode parecer difícil, mas a simples participação no processo pode significar a garantia do mando político na região. Portanto, tem a tentação e a tentaçãozinha...


    Mando 2
    Hoje o mando político está com o deputado Nélson Tureck. Agora, imagine se o governador eleito for Álvaro Dias, quem é que indicará os cargos regionais? Provavelmente alguém do PDT. Se a vitória for de Requião, a função vai para um peemedebista. Isso mesmo que Tureck continue sendo o único deputado. Mas é para exercer o mando político. Nada de desmando, viu?...


    Recortes
    O deputado Nélson Tureck, aliás, está na mira do Ministério Público. O promotor do Patrimônio Público Inácio de Carvalho Neto está arquivando todas as matérias que o deputado vem pagando para publicar em jornais da cidade. Pode pintar uma ação contra ele por promoção pessoal. O caso ainda está sendo analisado. Ih, aqueles chequinhos ainda podem custar caro...


    Placas
    Também há denúncia de promoção pessoal em Ubiratã. O prefeito Arnaldo Sucupira é acusado de ter colocado no novo carrão da prefeitura placas com as suas iniciais. O prefeito jura inocência e um assessor assumiu a culpa, dizendo que a idéia foi dele para agradar o patrão. Agora, cá entre nós: se isso for crime, tem vários prefeitos e ex-prefeitos da região tremendo na base...


    Negando
    Sobre essa história de denúncia, o prefeito de Farol, Edson Martins, nega que o motorista da prefeitura Paulo Cruz esteja de castigo e proibido de dirigir qualquer carro do município. Paulinho, como é conhecido, é aquele ex-vereador que há dois anos acusou Martins de assédio sexual. O caso já está no MP. Ah, vá ver tá faltando carro na prefeitura...
    Comentário(s)
  • Paraná - ofertas

  • Quem faz 2.400 votos numa eleição e 500 na outra tem que ficar de bico calado”.

    Nélson Tureck (PSDB), deputado estadual, respondendo ao presidente da Câmara, Izael Skowronski (PPS), que havia dito que função de deputado não é ficar pagando cerveja em botecos, sábado, na rádio Humaitá. Em tempo: Izael fez 2.173 votos em 1996 e 617 em 2000.

    Comentário(s)
  • Sicredi - Bank

  • Antônio José

  • Paraná Multas

  • Educare - Horizontal