Unicampo - Pós 2021
  • Veja só quem “Boca Santa” encontrou lado a lado no jantar de posse do novo comandante do 11o Batalhão da Polícia Militar: o professor Idê e o advogado José Luiz Gurgel. Que Idê é vereador e que Gurgel é ex-vereador, todo mundo sabe. O que pouca gente lembra é que os dois já fizeram uma dobradinha política juntos. Foi em 1982, na campanha para prefeito. Gurgel era candidato a prefeito e Idê era o vice. Ver-da-de! Os dois eram do PDS (hoje PPB). Aquela eleição foi vencida pelo professor José Pochapski (José Pedroso Fabri era o vice dele). Portanto, 20 anos depois, deve ter sido um reencontro emocionante...

    Comentário(s)
  • Prever - Descontos

  • Cargos
    Sidnei Jardim não foi sozinho, não, para a recém criada Secretaria Especial de Assuntos de Governo. Segundo decreto 2.484, publicado pelo “Órgão Oficial”, a nova pasta também terá vagas para dois assessores – um de terceiro e outro de quarto escalão. A secretaria, aliás, já tem data para acabar: 31 de dezembro de 2004. Ah, nada que o próximo prefeito não possa reconsiderar...


    Campanha
    O motorista José Paulo da Cruz, que está de “castigo” na prefeitura de Farol, vem dizendo por aí que a prefeitura não lhe repassa serviço porque teme que, com um carro na mão, ela saia fazendo campanha pela cidade. Cruz foi vereador na legislatura passada e, como tal, denunciou o prefeito por “assédio sexual”. Mas em Farol uma bicicletinha já dava, não?...


    Estádio
    Sem serviço, o motorista passa o dia todo de braços cruzados no almoxarifado. Carro para dirigir, nem pensar. Mas não é só isso. Ele conta que foi proibido de entrar no estádio para treinar. Mais: quem desrespeitou a ordem e deixou ele dar uma treinadinha acabou perdendo a gratificação salarial que recebia. Ah, pelo menos gerou economia para o município...


    Outro lado
    O prefeito Edson Martins nega essas histórias. Primeiro: diz que Cruz é plantonista e não está de castigo. Segundo: afirma que são os jogadores que não gostam de treinar no estádio com o motorista. Terceiro: acusa Cruz de já ter ido fazer serviços particulares em horário de trabalho da prefeitura. Além do mais, ele nem precisa ficar de joelhos em cima de grãos de milho...


    Fretes
    Nos dois anos em que ficou de licença da prefeitura, Cruz trabalhou fazendo fretes com um caminhão que comprou no tempo em que era vereador. Ele admite que ganharia bem mais se continuasse fazendo frete do que trabalhando na prefeitura, onde recebe R$ 215 por mês. Se bem que ganhar “duzentão” sem fazer nada não é para qualquer um...


    Chocolate
    A Páscoa já passou faz dias, mas tem funcionário da prefeitura de Campo Mourão que vai demorar para esquecer a data. Eles compraram ovos de chocolate vendidos por uma mulher que passou pelo Paço Municipal. A amostra era deliciosa, mas na hora da criançada abrir os ovos em casa, hummmmm, era gordura pura. Não deu pra comer. Ah, então ficou valendo como regime...


    Boiadeira
    O prefeito Tauillo Tezelli não acreditou muito na promessa do presidente FHC que a Boiadeira será concluída. Ele explica que a obra está emperrada porque a licitação é antiga e o governo federal insiste que os trabalhos precisam ser feitos com os mesmos valores originais. Não dá. Na época o saco de cimento custava R$ 4. Ih, mas nem uma casquinha de ovo igual certas estradas por aí?...


    Estado
    Ainda sobre rodovia, Tezelli se sente injustiçado quando cobram da prefeitura melhorias na av. John Kennedy, no Lar Paraná. Segundo ele, existe um convênio entre DER e DNER que passou a responsabilidade do trecho para o governo estadual. Assim, o recapeamento seria obrigação do Estado e não do município. Ih, melhor reclamar na prefeitura mesmo...


    Geladinha
    Se tem uma coisa da qual os vereadores de Campo Mourão não podem reclamar mais é da falta de água gelada. A Câmara acaba de compras mais três frigobars e, assim, completa a lista de pedidos. Agora, todas as assessorias de bancada têm suas próprias geladeirinhas. Só não toma água gelada quem não quer. Ah, então dá até para fazer uma geladinha de “qui-suco” de groselha...


    Slogan
    Falando em Câmara, o vereador Edoel Rocha mantém firme seu nome como deputável. Ele sonha com uma dobradinha com o deputado estadual Edoel Rocha. É Tureck estadual e Edoel federal. Pelo menos slogan para a campanha não falta. Um já está pronto: “Sou Edoel Roxo”. Outro diz assim: “Edoel Rocha, uma pedra no sapato do governo”. Já ganhou!...


    Desproporção
    O prefeito Tauillo Tezelli anda reclamando por aí que o deputado Nélson Tureck é desproporcional na hora de conseguir recursos para a região. O prefeito diz que Tureck fez 8 mil votos na cidade e conseguiu R$ 50 mil para o município. Enquanto isso, leva bem mais dinheiro onde fez bem menos votos. Vá ver a amizade do prefeito tem um peso maior...


    Solão
    Quinta do Sol está fazendo jus ao nome. Faz mais de quatro anos que a avenida principal da cidade vive sob um solzão danado. Motivo? A prefeitura cortou todas as árvores do canteiro central. Não sobrou umazinha sequer. Outras até que foram plantadas no local, mas não pegaram. Agora é segunda-terça-quarta-quinta-sexta-sábado-e-domingo de sol. E que sol!...


    Bigode
    A posse do pastor André Portes reforçou o time dos vereadores de Campo Mourão que usam bigode. Agora eles são cinco – Portes, José Turozi, Sebastião Ribeiro, Geraldinho Sacramento e Isidoro Moraes. E olha que Edson Battilani, professor Idê e Janir “Branco” Barbosa já usaram bigode no passado! Se nessa legislatura não honrarem o fio do bigode...


    História
    Nessa história de bigode, aliás, “Boca Santa” fez um levantamento que é de uma utilidade espantosa. Você sabia que dos 20 primeiros presidentes da Câmara de Campo Mourão, 13 usavam bigode? Em compensação, o último presidente de bigode foi Olivino Custódio (87/88). De barba, então, teve só um: José Eugênio Maciel. Essa daria uma perguntinha boa no “Show do Milhão”...


    Pedidos
    O presidente da Câmara, Izael Skowronski, está cobrando da GVT (concorrente da Telepar) quando ela vai se instalar em Campo Mourão. A promessa era para setembro passado. Já professor Idê e José Turozi pedem que bancos instalem caixas eletrônicos na rodoviária. Edson Battilani, por sua vez, pede a ativação do Museu do Eco-Saneamento, no Parque do Lago. Ah, pedir não é pecado...
    Comentário(s)
  • Paraná - ofertas

  • Coração corintiano é forte. Se eu fosse santista já estaria morto”.

    Ireno dos Reis Pereira, diretor da Codusa, dando sua versão para o fato de ser sobrevivido a uma ameaça de infarto e, ao mesmo tempo, tirando um sarrinho dos amigos torcedores do Santos.

    Comentário(s)
  • Sicredi - Bank

  • Antônio José

  • Paraná Multas

  • Educare - Horizontal

blz.com.br