Unicampo - Pós 2021
  • “Boca Santa” você já sabe: mata a cobra e mostra a cobra morta. Olha aí o coreto da praça Getúlio Vargas caindo aos pedaços, como foi publicado aqui há uns cinco dias. O murinho que cerca a obra quase que cinquentenária perdeu alguns tijolos. Talvez ação de vândalos. Talvez ação do tempo e do abandono. Menos mau que, cinco dias depois, mais nenhum tijolinho caiu do coreto. Questão de tempo...

    Comentário(s)
  • Prever - Descontos

  • Prefeitura
    Entre os pré-candidatos a deputado de Campo Mourão, muitos sabem que têm remotas chances de se eleger. Mesmo assim insistem na disputa. Uns sonham com o mando político e o direito de indicar chefias regionais. Outros pensam em fazer um bom papel para virar “candidato natural” à prefeitura eme 2004. Eta gente sonhadora...


    Iluminação
    A prefeitura de Peabiru firmou um acordo com o Ministério Público e a partir deste mês não vai mais cobrar a taxa de iluminação pública dos moradores da cidade. O MP considera a taxa inconstitucional e ofereceu o acordo para evitar uma ação contra o município. E lá se vão R$ 16 mil da arrecadação mensal. Como diria Paulinho da Viola, “dinheiro na mão é vendaval”...


    Falta
    O prefeito de Peabiru, Marcos Lopes, disse que já enviou pedido à Copel para que a cobrança da taxa de iluminação pública seja suspensa. Segundo ele, a esperança agora é que o Congresso aprove logo uma lei para legalizar a cobrança. É que apesar dos 40% de inadimplência, o dinheirinho vai fazer uma falta danada para a administração. Snif! Snif! Snif!...


    No escuro
    Falando em iluminação, o prefeito de Quinta do Sol, Narcizo Cacilha, parece que está tentando amenizar o prejuízo mensal de R$ 4 mil com o fim da taxa de iluminação. Lá faz quase um ano que a taxinha não é cobrada de ninguém. Cacilha, porém, trabalha com o gabinete de luzes apagadas. Fica no escuro, mas trabalha assim mesmo. Ô prefeito, o racionamento já acabou...


    Comando
    Hoje tem posse do novo comandante do 11o Batalhão da PM. O major José Rigoni Filho, vindo de Curitiba, entra no lugar do major Nélson João Casarolli, que foi para Foz do Iguaçu. Posse será às 19h30. Também assume o sub-comandante major Edson Carvalho, que vem de Londrina. E lá vamos nós, começar tudo de novo...


    Comércio
    A Câmara de Quinta do Sol deve votar na terça-feira que vem projeto para regularizar o horário de funcionamento do comércio. Tudo porque deu o maior “auê” a lei que proíbe os comerciantes de trabalhar nas segundas-feiras antes do meio-dia. A nova proposta prevê abertura do comércio das 8h às 18h de segunda a sexta e das 8h às 19h aos sábados. E haja hora extra no fim do mês...


    Explicação
    A lei que proíbe o comércio de abrir segunda-feira antes do meio-dia é de 1995, mas somente agora entrou em vigor por pressão do Sindicato dos Comerciários de Campo Mourão. Na época, foram os próprios comerciantes que optaram por fechar de manhã às segundas para poder trabalhar no sábado à tarde. Eles só não contavam que um dia a lei fosse descoberta...


    Popular
    A Associação Comercial de Quinta do Sol chegou a fazer uma abaixo-assinado na cidade e propôs um projeto popular na Câmara para que o horário do comércio seja livre. Conseguiu 473 assinaturas. Só não conseguiu convencer os vereadores. Eles temem o horário livre e optaram por uma outra proposta. Imagine se vereador tivesse que seguir o horário comercial...


    Lavador
    Ao inaugurar reforma e ampliação da Escola Cecília Meireles, ontem, o prefeito de Goioerê, Antonio Sena, lembrou quando tinha 17 anos (faz teeeeempo!) e trabalhou na inauguração da escola. Para que o governador Moysés Lupion pudesse inaugurar o prédio, Sena teve que lavar os vidros da escola. Ah, digamos que ele foi o primeiro “Amigo da Escola” do Brasil...


    Improbidade
    O promotor Inácio de Carvalho Neto, que apura a denúncia de retaliação contra o funcionário da prefeitura de Farol, disse que o “castigo” imposto ao servidor José Paulo da Cruz pode resultar em improbidade administrativa. Cruz passa o dia todo sem fazer nada. O promotor entende que isso é desperdiçar dinheiro público. E olha que já teve motorista que derrubou presidente da República...


    Sem castigo
    O prefeito Edson Martins nega que Cruz, que era vereador na legislatura passada, esteja de castigo. Segundo ele, o servidor é motorista plantonista e, como tal, fica de plantão. Martins alega que Cruz voltou de uma licença de dois anos e encontrou o quadro de motoristas completo. Há vagas em outros setores, mas isso seria desvio de função. Mas nem umas voltinhas num Fusca pode dar?...


    Delegado
    Lembra de Gentil de Lima Costa, que foi chefe da 8a Ciretran e duas vezes candidato a prefeito de Farol? Pois é. Agora ele é delegado calça-curta em Luiziana. Verdade. Com a ajuda do “padrinho” Nélson Tureck, ele conseguiu a nomeação. Virou homem da lei. É o que chamam oficialmente de “assistente de segurança”. Ah, quem sabe seja mais fácil ser prefeito luizianense...  


    Com placa
    Em Luiziana, toda vez que inauguram uma obra conveniada com o governo do Estado, a prefeitura faz questão de colocar o nome do deputado Nélson Tureck na placa inaugural. Pudera. Além de deputado governista, Tureck é irmão do prefeito da cidade, Wilson Tureck. Ah, um Tureck a mais ou um Tureck a menos na placa e ninguém repara...


    Truco
    O vereador Walter Zamoro anda inconsolado. Tudo por causa de um campeonato de truco. A partida estava empatada em 11 a 11 quando, na “nega”, seu companheiro de dupla pôs tudo a perder ao trucar. Ai-aiai-aiai! Na “nega” não se pode trucar. Resultado: Zamoro fora da final. E olha que o parceiro dele era o próprio assessor. Ô Lineu, assessor é pra ajudar!...


    Madrugada
    Entregadores de leite que agora entregam o produto pasteurizado acham que as barreiras formadas pela prefeitura para impedir a venda de leite cru não estão sendo eficientes. É que para fugir da fiscalização, os entregadores ilegais estão iniciando a entrega de madrugada. Quando a barreira é montada, o leite já passou. Ih, não adianta chorar pelo leite “madrugado”!...
    Comentário(s)
  • Paraná - ofertas

  • É para suprir as deficiências de um governador que tão pouco tem feito por Goioerê”.

    Antônio Sena (PMDB), prefeito de Goioerê, explicando porque a prefeitura investiu sozinha R$ 105 mil na reforma de uma escola que atende alunos das redes estadual e municipal de ensino.

    Comentário(s)
  • Sicredi - Bank

  • Antônio José

  • Paraná Multas

  • Educare - Horizontal

blz.com.br