Unicampo - Pós 2021
  • Tudo é grande nas obras da usina hidrelétrica de Salto Natal, em Campo Mourão. Os caminhões caçamba são daqueles grandalhões que não se vê pelas ruas. A pá-carregadeira não fica atrás: bastam duas “apazadas” para encher os “big” caminhões. Agora imagine o poeirão que esse maquinário todo está fazendo no canteiro de obras! E cá entre nós: com um caminhão e um “pazinha” dessas a prefeitura conseguia atender os pedidos de terra do povão, não conseguia?...

    Comentário(s)
  • Prever - Descontos

  • Liminar
    Uma liminar concedida pela Justiça de Porto Alegre deve impedir que o prefeito de Campina da Lagoa, Paulo Andreoli Gonçalves, perca o mandato. A liminar foi obtida depois que o TRE tinha suspendido os direitos políticos de Gonçalves devido a uma condenação por falta de pagamento de pensão alimentícia. A liminar saiu na hora H. Ufa, salvo como congo!...


    Privilegiado
    Gonçalves quase perdeu o mandato porque sua ex-mulher, Jane, que mora em Caxias do Sul (RS), entrou com uma ação cobrando uma diferença no pagamento da pensão para os três filhos do casal. A ação chegou ao final e o prefeito foi condenado. A liminar só saiu porque, como prefeito, ele tem direito ao tal foro privilegiado. Ih, essa Gonçalves deve ao povo de Campina da Lagoa...


    Médico
    A história é curiosa. Como o processo tramitou em Caxias do Sul, a Justiça tratou Gonçalves como médico e não como prefeito, até porque não sabia de sua eleição. Gonçalves alegou que tinha direito ao foro privilegiado e o processo contra ele foi considerado nulo. Essa foi por pouco! Em todo caso, é melhor acertar logo a pensãozinha da piazada...


    Cargo vago
    O presidente da Câmara de Campina da Lagoa, Aumir Scaramal, já tinha enviado para a Comissão de Legislação e Redação um decreto legislativo declarando vago o cargo de prefeito. Ainda ontem o processo continuava tramitando, uma vez que a Câmara não havia sido comunicada oficialmente da liminar salvando Gonçalves. Ih, alguém precisa avisar os “nobres edis”, rápido!...


    Na espera
    O vice-prefeito de Campina da Lagoa é Neomar Hildo Ratti, dono de uma oficina mecânica na cidade. Caso a liminar obtida por Gonçalves seja derrubada no julgamento do mérito da ação, é ele quem assume a prefeitura campina-lagoense. Desde que não tenha pensão alimentícia em atraso, é claro...


    Debate
    Por falar em Justiça Eleitoral, o TSE liberou a realização de debates entre pré-candidatos em emissoras de rádio e TV. Segundo o Tribunal Superior Eleitoral, os veículos de comunicação têm o direito de informar a população. Olha aí uma boa maneira do PPS definir seus candidatos a deputado! É só pôr os homens pra falar e a gente vê quem se sai melhor...


    Linha aérea
    Tá com saudades da linha aérea da Cruiser ligando Campo Mourão a Curitiba? O presidente da Acicam, Marco Antônio Kunzler, disse à Boca Santa que a linha volta a funcionar na semana que vem. Daí a luta será a mesma de sempre: conseguir público para viabilizar o negócio. Aliás, nosso problema será falta de dinheiro ou é medo de altura mesmo?...


    Austrália
    Se a partir de hoje você ver o vereador professor Idê perdidão por aí, não estranhe. O inseparável colega dele de Câmara, José Turozi, embarca hoje para a Austrália e só volta daqui a 45 dias. Isso se na hora H Turozi não desistir. Ou Idê não embarcar junto. Hummm, mas não tinha um país mais perto pra visitar, Turozi, tipo Japão ou Coréia do Sul?...


    De graça
    Pela lei promulgada pelo presidente da Câmara, Izael Skowronski, que entra em vigor hoje, as funerárias de Campo Mourão não poderão cobrar mais para preparar os corpos, pela cruz de madeira, pela coroa de lata, para aplicar formol e para enfeitar a urna com flores. Tudo isso terá que ser embutido no preço do caixão. Ah, isso não é lei. É a mãe em pessoa...


    Limite
    A essa altura você deve estar pensando: ora, então é só as funerárias aumentarem o preço das urnas. Certo? Errado! O problema é que a mesma lei diz que o preço de venda do caixão não poderá ser superior a 100% do valor cobrado pela fábrica. Ai-aiai-aiai! Desse jeito quem morre do coração é o dono da funerária. Ah, pelo menos a família não precisará pagar os enfeitinhos da urna...


    Valendo
    Essa lei impondo limites aos preços dos caixões e dando enfeites de graça foi aprovada pela Câmara faz tempo. Só que o prefeito Tauillo Tezelli vetou esses artigos. Os vetos acabaram derrubados pelos “nobres edis”, mas Tezelli não sanciou a lei. Sobrou, então, para Izael promulgá-la. E está promulgada. Ou seja: tá valendo. Viu, já dá pra morrer sossegado..


    Interdição
    Peabiru continua sendo destaque na mídia pela falta de segurança de sua cadeia. Ontem a Globo exibiu matéria em rede estadual mostrando os buracos por onde os presos só não fogem se não quiserem. Promotor, vereadores e até o próprio delegado já pediram a interdição da cadeia. Ah, mas os presos gostam tanto dessa delegacia, tadinhos!...


    À noite
    Boca Santa já divulgou que tem leiteiro entregando o produto de madrugada para escapar das barreiras que a prefeitura montou visando impedir a venda do leite cru. Mas não é só isso, não. Esta semana, um produtor foi autuado pela Vigilância Sanitária entregando leite à noite. Coitada das vacas. Estão tendo que se adaptar ao jeitinho brasileiro...


    Acidentes
    O Pelotão de Trânsito da PM se viu louco na quarta-feira. Três acidentes com vítimas pelas ruas de Campo Mourão. No mais curioso dele, duas motos se chocaram. Detalhe: os dois motociclistas se chamavam Edson. Mais: um deles tinha o nome de Edson Martins, igual ao prefeito de Farol. Ih, se o Ministério Público fica sabendo, já iria checar de quem era a motoca...


    Campanha
    O senador Roberto Requião não estará sozinho hoje em Campo Mourão, não. Vem acompanhado do ex-governador Paulo Pimentel, que é pré-candidato ao Senado. Os dois passam o dia dando entrevistas em Campo Mourão e Ubiratã e à noite participam de encontro no Country Clube. Só uma dúvida: lembraram de convidar para o evento o Totonho da Lina?...
    Comentário(s)
  • Paraná - ofertas

  • Seria muita burrice cortar as árvores só por cortar.

    Same Saab (PDT), prefeito de Iretama, explicando que a decisão de derrubar flamboyants da avenida principal da cidade foi tomada em reunião com a comunidade após laudo técnico indicar que as árvores não apresentam mais sanidade adequada. Por via das dúvidas, porém, o corte das árvores foi temporariamente suspenso.

    Comentário(s)
  • Sicredi - Bank

  • Antônio José

  • Paraná Multas

  • Educare - Horizontal

blz.com.br