Unicampo - Pós 2021
  • Esse aí é o vereador José Estevam do Amaral (PMDB), de Corumbataí do Sul. E as aparências não enganam, não. Ele está preso mesmo, como bem mostram as grades. Amaral é presidente do Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Corumbataí e foi flagrado pelo Ministério Público cobrando R$ 200 para dar entrada num processo de aposentadoria. Foi preso e levado para Barbosa Ferraz. O vereador, porém, diz que é vítima de perseguição política. Jura que os só recebia um adiantamento de mensalidades dos associados do sindicato. E a gente impressionado com o esquema na prefeitura fluminense de São Gonçalo...

    Comentário(s)
  • Prever - Descontos

  • Na mão
    Os cinco servidores inativos da prefeitura de Farol que recebem a aposentadoria pela Previscam ficaram a ver navios ontem. Era dia de pagamento, mas a sagrada aposentadoria não saiu. Motivo? Uma dívida de R$ 180 mil que a prefeitura de Farol tem com a Previdência de Campo Mourão. O prefeito não paga e o povo paga o pato. E lá vem o pato, pata aqui, pata acolá...  


    Aviso
    O presidente da Previscam, José Eugênio Maciel, disse ontem que desde novembro do ano passado vem tentando um acordo com a prefeitura de Farol. Há um mês, ele enviou cartas aos cinco aposentados e ao prefeito Edson Martins avisando que não faria o pagamento de abril. Portanto, não foi por falta de aviso. Pensaram que era blefe, é?...


    Convênio
    Só para esclarecer: Farol se emancipou de Campo Mourão em 1993 e, para começar a prefeitura pudesse funcionar, o Exccutivo mourãoense cedeu os servidores que já trabalhavam no distrito. Esse pessoal trabalhava em Farol e recolhia a previdência em Campo Mourão. Pelo menos deveria ter recolhido. É daí que surgiu o rolo todo. Até isso acontece com a Previscam...


    Balanço
    O presidente da Câmara de Campo Mourão, Izael Skowronski, distribuiu ontem um balanço dos gastos nas obras de reforma do Legislativo. São 24 páginas mostrando centavo por centavo das despesas. Total: R$ 70.942,38, sendo R$ 38.977,33 de materiais e R$ 31.965,05 de mão-de-obra. Hummm, não dá pra rachar entres os 17 “nobre edis” e cobrar R$ 4.173,08 de cada um?...  


    Conserto
    Sobre a goteira da sessão de segunda-feira, Izael garantiu que ela foi consertada ontem mesmo. O problema teria sido causada por uma telha quebrada pelo eletricista na hora da instalação elétrica. Tudo refeito e consertado sem custos para a Câmara, informou o presidente. Pelo menos até a próxima chuva...


    Inquérito
    Coisa rara: o comandante do 11o Batalhão da PM, major José Rigoni Filho, enviou nota à imprensa comunicando que abriu inquérito policial militar para apurar a denúncia de que policiais teriam agredido um rapaz de 18 anos. Os policias negam. Dizem que foi o rapaz que brigou. Rigoni, porém, informou que quer tudo apuradinho. Se a moda pega...


    Alerta
    Na segunda-feira, familiares do rapaz usaram emissoras de rádio para denunciar a suposta agressão. Na nota à imprensa, Rigoni diz que se isso for comprovado, os PMs serão punidos na forma da lei. Ele lembra, porém, que se for provada a inocência deles, quem terá que se ver com a lei será que fez a denúncia caluniosa. Ih, pensando bem, um tapinha não dói...


    Palavrão
    Por falar em polícia, chamou a atenção a forma como a PM divulgou em seu boletim uma fuga de presos em Iretama. Segundo a nota, três presos teriam serrado a grade “daquele ergástulo” e fugido pelo telhado. Serrado a grade do quê? Ergástulo? Isso mesmo. Segundo o Aurélio, significa cárcere, calabouço, enxovia, masmorra. Viu, BO também é cultura...


    Caratê
    Os vereadores de Campo Mourão aprovaram ontem à noite o projeto que lei que torna de utilidade pública a Associação Mourãoense de Caratê-Do Tradicional. A aprovação foi por unanimidade. Também, com o presidente da entidade, Sebastião Galdino, com aquele tamanhão todo e ainda sendo mestre em artes marciais sentadinho ali no plenário...


    Punição
    O Tribunal de Contas do Estado começou a punir as prefeitura que omitiram informações na prestação de contas de 2001. Só no primeiro dia, seis prefeituras tiveram suspensas as certidões liberatórias. Entre as seis está Ubiratã. E o TC avisa que podem vir mais punições por aí. E descanse no feriado desse jeito, hein prefeito Arnaldo Sucupira?...


    Mototáxi
    O vereador Sebastião Ribeiro anda confiante que desta vez conseguirá aprovar o projeto para regulamentar o mototáxi em Campo Mourão. Mas é bom ficar com as barbas de molho. Veradores que andam sorrindo para Ribeiro na verdade são contra a proposta. O prefeito Tauillo Tezelli também é radicalmente contra. Ih, tá cheirando parecer contrário do Jurídico de novo...


    Memória
    Filho do falecido prefeito Armando Alves de Souza, o vereador Claudinei Calori de Souza, fez questão de colocar em seu discurso, na posse de Lair Maggioni, que no primeiro mandato seu pai elegeu o sucessor e depois foi traído por ele. Claudinei não citou nome, mas estava se referindo ao ex-prefeito Ricardo Radomski. Portanto, a rixa continua...


    Assessor
    Ainda muito emocionado pela morte de Armandinho, Claudinei não conseguiu ler o discurso que havia preparado. Resultado: o texto teve que ser lido por Orley Moreira. Detalhe: Moreira foi assessor de Radomski e teve que ler inclusive a parte que o vereador dá uma indireta no ex-prefeito. Ah, esses ossos do ofício...


    Causa própria
    O vereador Celso Hruschka propôs projeto para transformar a Associação dos Produtores de Leite (Ample) em entidade de utilidade pública. Detalhe: Hruschka faz parte da entidade. Já Edson Battilani propôs a Comenda 10 de Outubro para a Associação dos Agronômos. Detalhe: Battilani é membro da entidade. Olha a causa própria, gente!...


    Economia
    Foi aprovado ontem à noite, por unanimidade, o projeto de resolução que acaba com as fotocópias de indicações na Câmara de Campo Mourão. Até então, cada vereador recebia cópia de cada indicação apresentada. Agora terão xerox apenas de projetos de lei e requerimentos. A economia anual será de mais ou menos R$ 3,8 mil.  Olha aí, já dão 19 diárias...
    Comentário(s)
  • Paraná - ofertas

  • Isto deve ter sido construído com areia de beira de estrada.

    Erci Soranso Rocha, delegado de Farol, reclamando da fragilidade das paredes da cadeia da cidade. O último preso arrebentou as paredes com um simples chutão.

    Comentário(s)
  • Sicredi - Bank

  • Antônio José

  • Paraná Multas

  • Educare - Horizontal

blz.com.br