Unicampo- vestibular - 2022
  • Já que o missionário Saul Portes dos Reis voltou à tona com a história do filho adotivo dele, que vem sendo acusado de matar uma menina de 13 anos nos Estados Unidos, olha só o que Boca Santa foi achar. Cheques sem fundo em nome da extinta igreja dele, o Pavilhão da Fé. É por causa dessas dívidas, aliás, que o templo em construção há muito tempo não pertence mais à igreja. Ele agora é da Entec Comércio e Serviços Ltda, que vendeu e não recebeu os pré-moldados para a construção do templo. Também, os anjos ficam ajudando os presos ao invés de darem uma mãozinha ao missionário...

    Comentário(s)
  • Corpal - Royale - Lançamento

  • Vai ficar
    O presidente da Santa Casa de Campo Mourão, Dilmar Daleffe, refletiu no final semana, analisou todos os pedidos que recebeu e ontem à noite, durante reunião da diretoria da entidade, decidiu continuar tocando os trabalhos. Nada de renunciar às vésperas de terminar um sonho de 15 anos. Ué, se D. Pedro I ficou, Tauillo Tezelli ficou e até o Romário ficou...


    Cantor
    A essa altura você já sabe que o missionário Saul Portes dos Reis é o pai adotivo daquele brasileiro que está sendo acusado de matar uma menina de 13 anos nos EUA. O que você não sabe é que depois de sair da prisão, no final de dezembro, Reis gravou um CD. Verdade. O disco tem seis músicas. A primeira se chama “Eu vou bem”. Outra se chama “Não é dinheiro”. Ah, então tá bom...


    Não fala
    O missionário Saul está em Campo Mourão. Ontem de manhã ele foi visto conversando com a advogada dele, Marciana Rodrigues da Silva. Mas ele não quer falar com a imprensa sobre essa história do filho adotivo, não. À tarde, vizinhos disseram que Reis foi para Mogi-Mirim-SP, onde mora a mãe dele. Ah, nessas horas não há quem não recorra a mãe mesmo...


    Premiado
    Saiu o vencedor do aparelho de som do Imposto Premiado. O número sorteado foi o 13.313. Mas o IPTU não estava em dia, não. Nem desse nem dos outros 10 números seguintes. O prêmio acabou ficando com o 12o contribuinte, Laerti Assis (Jardim Bandeirantes), com o número 13.294. Esses são azarados. Perderam o prêmio e ainda terão que ficar ouvindo o vizinho curtindo o sonzão...


    Batidas
    O comandante do 11o Batalhão da PM, major José Rigoni Filho, anunciou ontem que vai intensificar as batidas policias nas regiões da cidade onde o número de furtos a casas, bicicletas einterior de carros e  andou aumentando. O anúncio foi feito depois que o próprio comando constatou aumento da criminalidade em Campo Mourão. Ah, são só uns roubinhos...


    Quadrilha
    A polícia de Campo Mourão prendeu ontem cinco membros de uma quadrilha que realizou três assaltos a estabelecimentos comerciais apenas neste final de semana. Detalhe: é uma menina de 13 anos, outra de 12, dois meninos de 15 e um rapaz de 18. Continuam foragidos uma outra menina e um outro rapaz. Olha aí, esse é o futuro do Brasil...


    Sem dúvida
    O delegado-adjunto da 16a SDP, Lindomar Alves Júnior, não tem mais dúvida. Noel Bruno Ribinski é mesmo o autor do homicídio do estudante de Iretama e do sequestro de pelo menos a última das vítimas do “maníaco de Iretama”. Tudo isso comprovado pelo exame de balística. Duro é achar pistas de Ribinski. Também, o homem é um dragão ninja e ainda tem a ajuda dos céus...


    Sessão
    Hoje, a partir das 8h, tem sessão ordinária da Câmara de Campo Mourão. O horário é inusitado, mas é isso mesmo. Entre os projetos em votação, um que autoriza verba para a conclusão da Usina do Conhecimento e outro que define o orçamento da Tecnocampo. Agora, cá entre nós: se vereador não pode matar aula à noite, imaginee trabalhador faltar no serviço para ver a reunião deles...


    Extensão
    Aliás, pelo andar da carruagem, dá para dizer que Campo Mourão já tem uma extensão da Unipar, com sede em Umuarama. É a Câmara, que organiza seu calenário de sessões conforme o calendário de provas da Universidade Paranaense. Pena que único curso até agora da extensão é o de vereador, com apenas 17 vagas e um só vestibular a cada quatro anos...


    Dois lados
    Entre os vereadores, essa submissão do Legislativo perante uma instituição particular de ensino não é muito criticada porque o calendário submisso beneficia um vereador de situação e outro de oposição. Daí, um bloco não pode falar mal do outro. Com a reunião de manhã, a vantagem é que dá para passar a tarde estudando e fazer a prova sossegado à noite. Incentivo à educação, ué?...


    Deputáveis
    Essa deu ontem na TV Carajás. No mesmo dia em que o PPS anunciava as pré-candidaturas de Edson Battilani e Douglas Fabrício para deputado, o prefeito de Araruna, Renato Toaldo, apresentava seus candidatos: Édno Guimarães (Cianorte) e Omar Serraglio (Umuarama). E olha que Toaldo é do PPS. Ah, acontece nas melhores famílias...


    Trocando
    Contagem regressiva para a saída do vereador Isidoro Moraes do PSL. Ele conta que não tem mais clima dentro do partido e que se sente isolado na bancada de quatro vereadores. O destino mais provável dele é o PDT. Isidoro já está até com uma ficha preenchida no partido. Só falta assiná-la. Daí, é só afinar o discurso de acordo com o líder Álvaro Dias e pronto...


    Bolada
    Moradora do jardim Flórida anda revoltada com o campo de futebol que a prefeitura construiu ao lado da casa dela. Pudera. O campo está pronto há um tempão, mas nada de colocaram alambrando nem banheiro no dito cujo. Daí, já viu. A bola pára toda hora na vizinhança (muitas vezes quebrando telhas). E os sanitários são em qualquer lugar. Incentiva o esporte, vai?...


    Tapetão
    Confusão no Amadorzão da Liga de Goioerê. A primeira rodada, marcada para o último final se semana, não aconteceu. Motivo? Moreira Sales entrou com recursos pedindo a eliminação de Janiópolis pelo uso de um atleta irregular. Resultado: Goioerê, Juranda e Ubiratã tiveram que ficar a espera de uma definição. Ué, os grandes fazem lá em cima e nós “aprende” aqui embaixo...


    Eleição
    Anote aí na agenda: dia 7 de junho tem eleição na Associação dos Engenheiros e Arquitetos de Campo Mourão. A entidade teve que convocar uma nova votação porque o presidente Airton Cézar Deitos renunciou quando descobriram que o diploma dele era falso. Ih, agora só falta exigirem que os candidatos tenham obtido boas notas no provão do MEC...
    Comentário(s)
  • Prever - Descontos

  • Eu nunca vou poder ser presidente da Câmara.

    Celso Hruschka (PDT), vereador, ao admitir que não consegue ficar muito tempo sem fumar um cigarrinho e que, por isso, tem que sair toda hora do plenário durante as sessões. Menos mal que ele respeita aquela lei que proíbe o fumo em locais públicos fechados...

    Comentário(s)
  • Paraná - ofertas

  • Sicredi - Bank

  • Antônio José

  • Paraná Multas

  • Brinquedolândia

  • Educare - Horizontal

  • Baile Tropical

blz.com.br