• O governo do Estado vai liberar financiamento de R$ 7 milhões para asfalto novo e recape em Campo Mourão.

    O pedido foi assinado nesta terça-feira pela prefeita Regina Dubay e pelo deputado Douglas Fabrício.

    O secretário de Desenvolvimento Urbano , João Carlos Ortega, recebeu os dois.

    São R$ 4,3 milhões para recape e R$ 2,7 milhões para asfalto novo.

    A prefeitura irá indicar, em projeto, as ruas e avenidas que serão pavimentadas e recuperadas.

    Ah, a buraqueira não contava com essa...

  • O deputado Douglas Fabrício criticou a anunciada visita do ministro dos Transportes, Paulo Passos, a Campo Mourão.

    A crítica foi feita em discurso na Assembleia Legislativa, nesta terça-feira.

    O ministro vem para falar do asfaltamento da rodovia Campo Mourão - Roncador - Palmital.

    "Essa é a quarta vez, em quatro anos, que o governo do PT anuncia essa obra e mais uma vez, em véspera de eleição”, frisou o deputado.

    Douglas chegou a fazer um resumo dos outros anúncios da obra, que está licitada, mas que estava "travada" no TCU.

    O deputado do PPS faz campanha para o presidenciável Aécio Neves.

    .

    O que foi dito

    “Que seja a última vez que esse povo vá lá anunciar esse asfalto. Se ganharem a eleição, que façam. Se perderem, que vão lá e peçam perdão para o povo”.

    Douglas Fabrício (PPS), deputado estadual, em discurso na Assembleia Legislativa, sobre a visita que o ministro dos Transportes, Paulo Passos, fará quinta-feira a Campo Mourão.

  • Liminar da 2.a Vara Cível mandou afastar o ex-prefeito de Janiópolis, Júlio Batista Guimarães, da função de coordenador de gabinete.

    A decisão do juiz substituto Cezar Ferrari atendeu pedido do Ministério Público, em ação proposta pelo promotor Marcos Porto Soares. 

    Guimarães foi acusado pelo MP de comprar combustíveis para a prefeitura, sem licitação, num posto de sua família.

    Isso ocorreu no início do ano passado. 

    Na época, o ex-prefeito chegou a ser preso, mas foi liberado dias depois e mantido no cargo pelo prefeito Lola Poeira.

  • Mudança na programação da visita do ministro dos Transportes, Paulo Passos, a Campo Mourão.

    Ele deve chegar à cidade no fim da tarde de quarta-feira.

    Passos vai pernoitar na cidade e na quinta-feira (9h) estará na Comcam.

    Vai falar das obras da BR-158, entre Campo Mourão e Roncador, e de licitações para novos trechos da Boiadeira. 

    O início do asfalto já estava liberado, mas atrasou por causa de pedido de esclarecimentos do Tribunal de Contas da União.

    Hummmmmmmm...

  • Os vereadores de Mamborê foram à sessão desta segunda-feira usando roupas cor de rosa. Algumas mais rosas que as outras, é verdade. Foi uma homenagem à Rede Feminina de Combate ao Câncer, que levou várias integrantes à Câmara. Também foi para chamar a atenção para o "Outubro Rosa", que incentiva as mulheres a fazerem o exame preventivo do câncer de mama.

  • Paraná - ofertas

  • Olha só onde foi parar o bitrem da Volvo: dentro de uma casa no jardim Primavera, em Goioerê. O acidente aconteceu na tarde desta terça-feira. O caminhão estava estacionado e, sozinho, entrou em movimento. Era descida e só parou cerca de 50 metros à frente, depois de invadir a residência. Por sorte, ninguém se feriu. Ufa!...

    Foto: Tribuna da Região - Goioerê

  • Unicesumar - rosa

  • Evento foi criado no Facebook para convidar as pessoas para acompanhar a sessão da Câmara desta terça-feira (19h).

    A criação partiu de amigos do presidente Pedrinho Nespolo, que poderá ter seu mandato cassado esta noite.

    O evento foi batizado de "Dia do golpe político em Campo Mourão".

    Cerca de 1,6 mil pessoas foram convidadas e até às 8h45, 22 tinham confirmado presença.

    Ih, melhor chegar cedo à Câmara para reservar lugar... 

    .

    O que diz o convite

    "Vereadores querem cassar o mandato do mais jovem vereador de Campo Mourão, que denunciou o escândalo de corrupção na prefeitura e que, como presidente, já devolveu mais de R$ 3,5 milhões. Estamos com você, Pedrinho Nespolo, não vamos permitir este golpe politico".

  • Sicredi - Safra

  • A Comissão Especial criada para apurar supostas infrações político-administrativas da prefeita Regina Dubay vai se reunir nesta terça-feira (16h).

    A CE quer ouvir a prefeita, mas a informação na prefeitura é que ela viajou.

    No início do mês o depoimento dela foi cancelado devido a outra viagem.

    A comissão começou por causa daquela história de um telefonema de Regina à vereadora Elvira Schen.

    A demissão da então superintendente da Previscam, Zulmeia Aparecida da Silva, também entrou no pacote.

    E cá pra nós: com tanta "viajação", o relatório vai acabar saindo sem ouvir a prefeita, não vai?...

  • "Até poucos dias ele me chamava de professor. Agora me agride, mas sei que ele está passando por um momento difícil e o perdoo".

    Sidnei Jardim (PPS), vereador em Campo Mourão, sobre o presidente da Câmara, Pedrinho Nespolo (SD), que fez duras críticas à forma como o colega conduziu a denúncia que gerou em pedido de cassação de mandato.

  • O vereador Pedrinho Nespolo disse que não recorrer ao judiciário para tentar impedir a votação,nesta terça-feira, do projeto que pede a cassação de seu mandato.

    "Eu até poderia, mas não vou fazer isso. Quero ver no voto mesmo", frisou após sessão desta segunda-feira. 

    Ele voltou a dizer que não acredita que o colegas chegarão a ponto de cassá-lo.

    Também disse que não fará articulações durante o dia.

    "Se for cassado, tenho convicção que volto pelo Judiciário. Tenho convicção, mas não certeza", ressaltou.

  • Em 67 anos, a Câmara de Campo Mourão cassou o mandato de dois vereadores.

    Ambos em 1954, portanto, há 60 anos.

    Aparício Teixeira D"Ávila e Cláudio Silveira Pinto foram cassados por excesso de faltas.

    Em 1970, também por faltas, a Câmara fez sessão secreta para cassar Zamir José Teixeira, o que acabou não ocorrendo.

    Em 1996, João Alves perdeu o mandato, mas foi por decisão do TSE e não da Câmara.

    Portanto, nesta terça-feira estará em jogo um tabu de 60 anos. 

  • Trezentos e oitenta pessoas, de 12 municípios, participaram neste domingo da Caminhada Internacional da Natureza de Engenheiro Beltrão.

    Eles percorreram 14,4 km pela zona rural, às margens do rio Ivaí.

    O percurso incluiu a passagem pelo Salto das Bananeiras.

    A região ainda terá mais duas caminhadas este ano - Campina da Lagoa (15 de novembro) e Roncador (30 de novembro).

    E sebo nas canelas!...

    .

    Foto: www.acoluna.net 

  • Campo Mourão ficou em novo lugar na classificação geral dos 28º Jogos da Juventude do Paraná, em São José dos Pinhais.

    Títulos só no atletismo (mascullino e feminino).

    O handebol-m ficou em terceiro e o futebol em quarto.

    A região também teve Goioerê (20º lugar), Fênix (27º) e Engenheiro Beltrão (56º ).

    Ah, Campo Mourão já teve dias melhores nos Jojups, hein?...

    .

    Classificação por modalidade
    Atletismo-F - 1º
    Atletismo-M - 1º
    Basquete-F – 7º
    Basquete-M – 5º
    Caratê-F – 9º
    Caratê-M – 18º
    Ciclismo-M – 11º
    Futebol-M - 4º
    Futsal-F – 12º
    Handebol-M - 3º
    Judô-F – 15º
    Natação-F -7º
    Natação-M – 8º
    Tênis de Mesa-F – 11º
    Tênis de Mesa – 9º
    Xadrez-M – 10º

  • Apesar do clima tenso pelo pedido de cassação, a sessão desta segunda-feira não teve maiores polêmicas.

    De diferente, só a bronca do vereador Olivino Custódio, que não gostou por não poder falar após ter seu nome citado por Sidnei Jardim.

    Ele pediu aparte, mas não houve tempo.

    Nelita Piacentini, que presidia a sessão, alegou que Olivino não se inscreveu para o discurso e não tinha direito à fala.

    Ele protestou, dizendo que todo o processso foi conduzido "dessa maneira".

    Hummmmmm...

  • Cargo aprovado

    Foi aprovado o projeto da prefeitura que cria o cargo de "chefe do posto de trânsito". É para o posto da Ciretran que será aberto no Lar Paraná. Por 9 votos a 3, os vereadores aprovaram o texto original, derrubando emendas.

    Reverendo terá título
    Por 12 votos a 1 foi aprovado a entrega de título de Mérito Comunitário ao reverendo Richard Dickerson. A proposta partiu da vereadora Nelita Piacentini. Como a votação é secreta, não dá pra saber de quem foi o voto contrário.

    Nomes para postinhos
    Mais dois postos de saúde tiveram nomes aprovados pela Câmara. No jardim Pio 12, a unidade básica de saúde vai se chamar "Manoel de Jesus Pereira". No conjunto Avelino Piacentini, o nome será "Auxília Trice Marchese Piacentini".

    Veto derrubado
    Ainda não foi deste vez que a Câmara manteve um veto da prefeita Regina Dubay. Nesta segunda-feira o veto ao projeto que prevê publicidade dos contratos de alguéis foi derrubado por 10 votos a 3. Ah, um dia talvez, quem sabe, um veto acaba sendo mantido... 

  • A Câmara de Campo Mourão aprovou nesta segunda-feira um dia de folga para o servidor municipal no dia de seu aniversário.

    A aprovação foi por 8 votos a 4, mas haverá segundo turno nesta terça-feira.

    A vereadora Elvira Schen chegou a pedir vistas, mas o pedido foi rejeitado.

    A proposta partiu do vereador Jorge Pereira.

    Segundo a prefeitura, a folga não trará impacto financeiro à administração. 

    Ah, então tá... 

  • O pedido de cassação do vereador Pedrinho Nespolo foi tema da palavra livre de dois vereadores, nesta segunda-feira.

    Nespolo falou primeiro e disse que está sendo vítima de injustiça.

    Ele foi aplaudido por boa parte do público que lotou o plenário.

    Sidnei Jardim falou em seguida pra dizer que o judiciário negou liminar e mandou a Câmara seguir com os trabalhos.

    "A Comissão está tranquila no que fez", frisou.

  • O plenarío da Câmara ficou lotado na sessão desta segunda-feira.

    O público foi atraído pelo projeto que pede a cassação do mandato do presidente Pedrinho Nespolo.

    O próprio Nespolo pediu, via Facebook, que as pessoas comparecessem à Câmara.

    Durante a sessão, no entanto, o projeto foi apenas apresentado ao plenário.

    Ou seja, houve a leitura da súmula.

    A votação deve ocorrer na sessão desta terça-feira.

    E que rufem os tambores....

  • A juíza da 1.a Vara Civel, Gabriela Luciano Borri Aranda, negou liminar para anular atos da Comissão de Legislação e Redação.

    O pedido tinha sido feito pelo vereador Olivino Custódio.

    Ele alegou irregularidades em reuniões da comissão que trataram da denúncia contra o presidente Pedrinho Nespolo.

    Se o mandado de segurança fosse deferido, o projeto que pede a cassação de Nespolo não poderia ser votado.

    Para a juíza, no entanto, houve "ausência de pressupostos de constituição e de desenvolvimento válido e regular do processo".

    Pra resumir: até agora tá tudo valendo... 

  • Foi protocolado na Câmara, nesta segunda-feira, o projeto de resolução número 24, que pede a cassação do presidente Pedrinho Nespolo. 

    Isso significa que o assunto será mesmo apressentado na sessão desta segunda e poderá ser votado já na terça-feira. 

    O projeto diz que denúncia foi acatada e que o vereador deve ter a "perda imediata do mandato". 

    Para a Comissão de Legislação e Redação, Nespolo cometeu ato de improbidade administrativa. 

    "Como condenar alguém se está evidente a ausência de dolo e má-fé?", questionou o presidente em postagem no Facebook. 

blz.com.br