Prever Novo
  • A prefeitura de Nova Tebas fechou acesso a Iretama por estrada vicinal na ponte sobre rio Muquilão.

    Foto enviada por internauta. Envie a sua também.

    E-mail: sidsauer@uol.com.br

    Whats App: (44) 9 9969-7037

    Facebook: www.facebook.com/BocasantaCM

    Comentário(s)
  • Unicampo Pós 2020

  • O decreto da prefeita de Farol, Angela Kraus, para combate ao coronavírus não se limitou a fechar o comércio, não.

    Um dos artigos prevê toque de recolher.

    Ninguém poderá sair de casa entre 22h e 6h, sob pena de multa.

    O decreto também suspende obras públicas e até construções particulares com mais de cinco operários.

    Quem desrespeitar as medidas poderá ser multado de R$ 300 a R$ 5 mil.

    Comentário(s)
  • Paraná - ofertas

  • Todas as 25 prefeituras da região decidiram fechar o comércio como medida de combate ao coronavírus.

    Parte entrou vigor nesta sexta, parte deixou para sábado, segunda ou até mesmo para terça-feira.

    Em todas, porém, a recomendação foi de paralisação já.

    O tempo de vigência vai de cinco dias a indeterminado.

    "É um dia triste para mim como comerciante", frisou o prefeito José Carlos Gomes (Nova Cantu) ao anunciar a medida.

    .
    Onde fecha
    Altamira do Paraná
    Araruna
    Barbosa Ferraz
    Boa Esperança
    Campina da Lagoa
    Campo Mourão
    Corumbataí do Sul
    Engenheiro Beltrão
    Farol
    Fênix
    Goioerê
    Iretama
    Janiópolis
    Luiziana
    Mamborê
    Moreira Sales
    Nova Cantu
    Peabiru
    Quarto Centenário
    Quinta do Sol
    Rancho Alegre do Oeste
    Roncador
    Terra Boa
    Ubiratã
    .

    Comentário(s)
  • Farol - Covid-19

  • A Câmara de Quarto Centenário fez sessão solene nesta quinta-feira em homenagem ao vereador Ennio Farias, que morreu em acidente, na noite anterior. Todos os vereadores e o prefeito Reinaldo Krachisnki discursaram. Só depois o caixão, com a bandeira do município, foi levado para o velório no salão paroquial. O enterro será neste sábado, às 9h. Farias tinha 60 anos.

    Com foto e informações da Tribuna da Região


    Comentário(s)
  • Sicredi - Bank

  • Boletim divulgado às 18h desta sexta-feira mostra situação inalterada em Campo Mourão em relação ao coronavírus. Seguem cinco casos suspeitos e quatro exames por precaução, mas nenhum com resultado. Portanto, nenhum caso confirmado. O boletim inclui 16 casos monitorados pelo município e 15 pela Unimed (são pessoas com sintomas de gripe, mas que não se enquadram como Covid-19).


    Comentário(s)
  • Ahertz Terraplenagem

  • 1Serviços de saúde, assistência médica e hospitalar;

    2Distribuição e venda de medicamentos e gêneros alimentícios, tais como:

    a) farmácias;

    b) açougues;

    c) padarias;

    d) peixarias;

    e) mercearias;

    f) mercados e supermercados.

    3Geração, transmissão e distribuição de energia elétrica e gás;

    4Postos de combutíveis e lojas de conveniência;

    5Tratamento e abastecimento de água;

    6Captação e tratamento de esgoto e lixo;

    7Serviços de telecomunicações e imprensa;

    8Processamento de dados ligados a serviços essenciais;

    9Segurança pública e privada;

    10Serviços funerários;

    11Clínicas veterinárias e lojas de suprimentos e animais (alimentos e medicamentos);

    12Oficinas mecânicas e serviços de guincho;

    13Atividades de construção civil do setor público e privado, manutenção de estradas e malha viária-pavimentação, ligadas ao cumprimento deste Decreto.


    Comentário(s)
  • Marcio Nunes 2

  • O decreto de situação de emergência pelo coronavírus em Campo Mourão inclui o fechamento de restaurantes e lanchonetes.

    A exceção é para os serviços de entrega a domicílio (delivery).

    O serviço de entrega rápida (drive thru) também está autorizado.

    Entre os serviços liberados estão as oficinas mecânicas e a construção civil.

    Profissionais liberais devem suspender o atendimento ao público e manter apenas o regime "home office".


    Comentário(s)
  • Terra FM

  • Pelos próximos 15 dias os velórios em Campo Mourão não poderão durar mais do que três horas.

    O prazo está previsto no decreto de situação de emergência, que entrou em vigor nesta sexta-feira.

    Ainda ainda outras duas determinações.

    Uma: Só podem ficar no velório membros da família do morto.

    Duas: as pessoas devem ficar a no mínimo dois metros umas das outras.


    Comentário(s)
  • O prefeito Tauillo Tezelli decretou situação de emergência em Campo Mourão por conta do coronavírus.

    O decreto saiu nesta sexta-feira e confirma o fechamento do comércio por 15 dias, exceto serviços essenciais.

    Também devem ser fechados parques públicos e a rodoviária.

    A indústria fica permitida apenas em atividades essenciais.

    O decreto não vale para bancos e Correios.


    Comentário(s)
  • A Acamdoze sugeriu que as câmaras de vereadores da região suspendam por 15 dias as sessões ordinárias.

    "A situação é muito séria", frisou o presidente Valdir Americano, que também preside a Câmara de Engenheiro Beltrão.

    Outra opção é que as reuniões sejam fechadas ao público e transmitidas pelas redes sociais.

    A Câmara de Goioerê já avisou que fará sessões sem público.

    Em Campo Mourão, as próximas reuniões ordinárias estão marcadas para dias 30 e 31 de março.


    Comentário(s)
  • O complexo Juremas Águas Quentes (ex-termas de Jurema) informou nesta sexta-feira que vai suspender as atividades a partir da próxima segunda-feira. Ficará fechado até 6 de abril. Trata-se de hotel fazenda de Iretama que recebe hóspedes de várias partes do País. "É tempo de pensar em todos, na segurança de todas as famílias de nossos hóspedes e colaboradores", destaca comunicado da empresa.


    Comentário(s)
  • Depois que Campo Mourão anunciou que vai proibir a abertura do comércio, outras cidades fizeram o mesmo.

    Em Peabiru e em Araruna já saíram até os decretos nesse sentido.

    Em Iretama a prefeitura recomendou o fechamento já e avisou que o decreto entra em vigor no sábado.

    Em Peabiru, carro de som avisa que quem descumprir as normas será enquadrado em crime de desobediência.

    Todas as medidas visam o combate ao coronavírus.


    Comentário(s)
  • A maioria do comércio de Campo Mourão não abriu as portas nesta sexta-feira.

    No centro, às 10h, apenas algumas lojas de rede ainda estavam funcionando.

    O fechamento se deu antes mesmo da publicação do decreto municipal, que deve valer a partir de sábado.

    Um comunicado em conjunto da prefeitura e Acicam recomendou que o comércio não abrisse já nesta sexta.

    A preocupação na cidade aumentou com a notícia de uma professora internada na UTI com suspeita de coronavírus.


    Comentário(s)
  • O Consórcio Intermunicipal de Saúde da Região de Campo Mourão suspendeu os atendimentos por 30 dias.

    A medida entra em vigor na segunda-feira e valerá até 22 de abril.

    Segundo resolução do presidente Carlos Caxão, apenas casos de "extrema necessidade" serão atendidos.

    Essa necessidade será definida pelos municípios.

    O Cis-Comcam atende cerca de 600 consultas por dia, de moradores das 25 cidades da região.


    Comentário(s)
  • "Vamos viver um momento bem desconfortável para o empresariado".

    Alcir Rodrigues da Silva, presidente da Acicam, sobre a decisão da entidade, junto com a prefeitura de Campo Mourão, em fechar o comércio como medida de combate ao coronavírus; na Musical FM, nesta sexta-feira.


    Comentário(s)
  • Campo Mourão não será a única cidade da região que fechará o comércio.

    Peabiru já se manifestoui em "comunidade oficial".

    O texto assinado pela prefeitura cita "fechamento imediato e integral" do comércio local.

    O decreto será assinado nesta sexta-feira pelo prefeito Júlio Frare.

    A nota diz que a medida tem "total apoio" da Associação Comercial.


    Comentário(s)
  • O vereador Ennio Faria, de 60 anos, de Quarto Centenário, morreu em acidente nesta quinta-feira no início da noite. Foi na PR-180, a cerca de 1 km da cidade. Faria estava dirigindo um trator, que tombou ao ser atingido na traseira por uma camionete. O vereador foi eleito pelo PDT, com 179 votos. Deve assumir o lugar dele o suplente Edilson da Borracharia (PT).


    Comentário(s)
blz.com.br