Unicampo - Vestibular 2021 inverno
  • Acredite se quiser: esta cerquinha amarela colocada em algumas portas da rodoviária nova de Campo Mourão poderá ser chamada de “beijódromo”. O espaço foi criado pela Aterfi depois que surgiram reclamações de usuários sobre a impossibilidade de se despedir na porta dos ônibus dos parentes e amigos. Agora, passageiro fica de um lado e amigo do outro lado da cerquinha. Assim pode-se dar beijinhos e abraços de despedida. Só o nome ainda é provisório. Pode ser beijódromo, tchauzódromo ou abraçódromo, entre outras opções. Ah, nada que uma enquete de BOCA SANTA na semana que vem não possa resolver...

    Comentário(s)
  • Prever - Descontos

  • A polêmica na rodoviária nova de Campo Mourão está de volta. As empresas de ônibus enviaram ofício à Aterfi dizendo que a suspenderiam a partir de 31 de janeiro a cobrança da tarifa de embarque. O prazo venceu ontem. Tudo porque as empresas alegam prejuízos com a cobrança e querem receber um reembolso da Aterfi. Ai-aiaia-aiaia! Vai começar tudo de novo!...


    Acordo
    A rodoviária começou a funcionar em agosto. Em novembro as empresas já comunicaram a Aterfi que queriam uma compensação. Como a administradora não deu bola para o pedido, eles enviaram novo ofício em janeiro avisando sobre a suspensão da cobrança. Agora a prefeitura deve entrar na parada e tentar um (novo) acordo. Ué, não é o Getulinho que adora um pepino para descascar?...


    Duas filas
    O diretor da Aterfi, Nélson Cunha Jr., já se preparou para caso as empresas de ônibus cumpram o prometido. A venda da tarifa será feita pelo caixa dos sanitários do terminal. Para a Aterfi não muda nada. Muda para os usuários, que terão que pegar duas filas: uma da passagem e outra da tarifa. Isso sem contar que vai aumentar a fila do banheiro. Ui-uiui!...


    Verbal
    Essa nova polêmica já era esperada. Em agosto, quando saiu o acordo para a operação da rodoviária, a cobrança da taxa de embarque ficou só no “boca-a-boca”. Nem o contrato entre prefeitura e Aterfi nem o regulamento da rodoviária definem a cobrança. Em todo caso, um simples decreto da prefeitura resolve tudo. Duro é a coragem para as indisposições políticas...


    Na Justiça
    Essa história toda já foi parar na Justiça. A Aterfi quer que sejam desconsideradas as alterações feitas no regulamento da rodoviária depois da assinatura do contrato. Entre outras coisas, as mudanças tiraram a obrigação das empresas cobrarem a tal da tarifa de embarque. A liminar pedida pela Aterfi foi negada, mas o mérito da ação ainda não foi julgado. Façam suas apostas...


    Eleição
    Hoje tem eleição na Comcam. A reunião com os prefeitos da região começa às 9h. Mas não espere nenhuma emoção. O atual presidente Valdinei José Peloi (prefeito de Rancho Alegre do Oeste) será candidato único porque houve consenso entre a “prefeitada”. Reeleição já é sem graça. Com consenso, então, nem se fala. Se bem que o cafezinho costuma ser farto nessas reuniões...


    Cis-Comcam
    Melhores emoções estão reservadas para amanhã na eleição no Cis-Comcam. Três prefeitos têm interesse na presidência. Para aumentar a adrenalina, várias prefeituras, começando por Campo Mourão, estão devendo parcelas das obras de reforma do prédio do consórcio. A dívida soma R$ 37 mil e a reunião pode pegar fogo. Tomara que tenham colocado extintores no prédio reformado...


    Segurança
    O delegado-chefe da 16a SDP, Roberval Butaccini, revelou uma preocupação ontem durante entrevista a Valdete Rodrigues de Almeida (Humaitá). Ele lembrou que durante o ano 2001 aconteceram na cidade 19 homicídios dolosos (com intenção de matar). Média de 1,5 por mês. Este mês já foram quatro assassinatos. Nesse rítmo, o ano termina com 48. Campinas que se cuide...


    Redução
    Para piorar, dos 11 escrivães que trabalham na delegacia de Campo Mourão, oito estão indo para a Escola de Polícia em Campo Mourão. Ficarão apenas três para dar conta de todo o serviço, inclusive os plantões. Butaccini já prevê atrasos nos inquéritos, prescrição de prazos e, consequentemente, impunidade. Ah, Cristo mandou perdoar mesmo...


    Natureza
    O deputado federal Rubens Bueno (PPS) disse ontem que a “natureza política” indica a candidatura do prefeito Tauillo Tezelli (PPS) a deputado. Ele afirmou que foi esta mesma natureza que fez Tezelli candidato a vice-prefeito em 1992 e a prefeito em 1996 e 2000. Tudo bem. Agora, cá entre nós: pela natureza mesmo, Tezelli estaria se dedicando à Fertimourão até hoje...


    Vitória
    Falando em Rubens Bueno, ele venceu aquela enquete pela sucessão estadual feita pela agência de notícias Cone Sul no site www.agcs.com.br. Bueno ficou em primeiro lugar com 27,66%, deixando para trás figurões como Requião, Álvaro Dias e Rafael Greca. Mas não se anime muito. A enquete teve apenas 47 votos (13 para Bueno). Ih, até a enquete de BOCA SANTA tem mais votos...


    Álvaro, não
    Foi em entrevista à Agência Cone Sul, aliás, que Bueno disse que não vai subir no mesmo palanque que Álvaro Dias (PDT) de jeito nenhum. Segundo Bueno, mesmo que PPS e PDT façam uma coligação a nível nacional, no Paraná haverá dois palanques. Um para Bueno e outro para Álvaro. E pensar que os dois foram tão amiguinhos até 1990!...


    Peixes
    Esta é inédita. O metalúrgico Vanderlei Stecins soltou ontem à tarde cinco mil alevinos de jundiá (bagre) no Lago Azul. A soltura só aconteceu porque Stecins foi condenado pelo Juizado Especial por pesca predatória. Sua pena foi repovoar o Lago Azul. Se a moda pega, vai faltar lago pra tanto peixe...


    Organização
    O prefeito em exercício Getulinho Ferrari (PPS) disse que não é apenas por fechar a prefeitura, os postos de saúde e as creches de vez em quando que a administração consegue superávit em suas contas. Segundo ele, essas medidas fazem parte de uma organização. Verdade. O povo é que não se organiza e continua ficando doente mesmo sabendo que os postinhos estão fechados...


    Veneno
    Dos 25 municípios da região de Campo Mourão, apenas dois não têm leis que restringem o uso do herbicida 2.4-D, acusado de fazes belos estragos por aí. São eles Campo Mourão e Barbosa Ferraz. Detalhe: por aqui um projeto de lei chegou a tramitar pela Câmara, mas como toda idéia apresentada por Sérgio Martinhago(PT), acabou rejeitada. É, cada um mata petista como pode...
    Comentário(s)
  • Paraná - ofertas

  • Não acho justo. Eu ando de Chevetinho 78 e ele de BMW”.

    Celso Hruschka (PDT), vereador, reclamando da sentença que o condenou a pagar 10 salários mínimos (R$ 1,8 mil) de indenização ao advogado Luiz Alfredo da Cunha Bernardo.

    Comentário(s)
  • Sicredi - Bank

  • Antônio José

  • Paraná Multas

  • Educare - Horizontal

blz.com.br